Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

“Haja Coração” perde 27% da audiência do fim de “Totalmente Demais”

Mauricio Stycer

31/05/2016 20h42

Um dia depois de festejar audiência recorde de 37 pontos com o último capítulo de "Totalmente Demais", em São Paulo, a Globo registrou uma perda significativa com a estreia de "Haja Coração". Segundo dados do Ibope, o novo folhetim das 19h30 alcançou média de 27 pontos na noite desta terça-feira (31).

Isso significa dizer que um em cada quatro espectadores que assistiram o último capítulo da novela na véspera não embarcaram na estreia.

Já a estreia da Record, "Escrava Mãe", marcou média de 14 pontos. Até a véspera, a emissora exibia o programa policial "Cidade Alerta" no horário. O resultado deixou a Record na vice-liderança no horário. O SBT marcou média de 7 pontos e a Band, 4.

Uma queda de "Haja Coração" era esperada para a estreia, uma vez que "Totalmente Demais" foi um fenômeno de audiência que não se via desde "Cheias de Charme", em 2012. Mas uma perda de 10 pontos, cerca de 27%, de um dia para o outro é muito.

"Totalmente Demais" registrou 25,4 pontos em sua estreia, em novembro de 2015. Ao longo de sua exibição, a novela teve média de 27,4 pontos (mais aqui).

Em tempo: Alguns leitores reclamaram que comparei a audiência da estreia de uma novela com o último capítulo de outra, dizendo que o correto seria colocar lado a lado o Ibope das estreias. O argumento é correto apenas em parte. A Globo tradicionalmente encerra as suas novelas às sextas-feiras. Excepcionalmente, para faturar com o sucesso de "Totalmente Demais", a emissora deixou o capítulo derradeiro para uma segunda-feira. Um dos objetivos, evidentemente, foi tentar "ajudar" a estreia de "Haja Coração". Para isso, inclusive, houve uma participação de uma personagem da nova novela, Fedora (Tatá Werneck), no capítulo final de "Totalmente Demais".

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.