Topo

UOL Vê TV com Leo Dias: "Maior punição para uma celebridade é ser ignorada"

Mauricio Stycer

06/11/2019 05h01

O jornalista Leo Dias é o convidado especial de hoje do podcast UOL Vê TV. Ele responde às perguntas de Flávio Ricco, Chico Barney e eu e fala sobre os bastidores de seu trabalho no mundo das celebridades. Segundo Leo, as estrelas também amam uma fofoca. "Você não tem ideia de quantas pessoas famosas me ligaram na separação da Anitta para saber o que de fato tinha acontecido."

Sem medo de dizer o que pensa, ele ainda acrescenta: "A maior punição para qualquer celebridade é ser ignorada".

O colunista do UOL reconheceu que no início de sua carreira queria "desafiar, incomodar" e que já perseguiu alguns famosos, como Bruna Marquezine. "Um dos grandes erros da minha carreira foi perseguir algumas pessoas. É infantil, é idiota, é antiprofissional e, hoje em dia, eu sei disso."

Apesar de dizer que não gosta de virar notícia, Leo também comentou algumas polêmicas de que fez parte recentemente: falou sobre o fim da amizade com Lívia Andrade, sua colega no "Fofocalizando" (SBT) e também sobre a polêmica entre Anitta e Ludmilla. "Vi relevância em publicar essa notícia e sofri as consequências."

O trabalho dos jornalistas de celebridades também foi assunto. Leo elogiou Fabíola Reipert e sua "Hora da Venenosa", na Record, disse que tem muita gente "politicamente correta" no "Fofocalizando" e que lugar de repórter é na rua. "O meu papel é descobrir o que o famoso nunca vai querer postar [nas redes sociais]. O que todo o mundo tem curiosidade de saber, mas que é sempre escondido."

Neste episódio do podcast, o jornalista ainda responde a perguntas dos ouvintes, feitas via Instagram de UOL TV e Famosos. Além disso, Ricco, Barney e eu elegemos os melhores e o piores da semana na TV.

O UOL Vê TV é uma mesa-redonda com os assuntos mais quentes da televisão na semana. Vai ao ar todas as quartas e discute as produções que estão no ar, com análises dos colunistas do UOL e informações de bastidor.

Podcasts são programas que podem ser ouvidos a qualquer hora e lugar –no computador, no smartphone ou em outro aparelho com conexão à internet. Os podcasts do UOL estão todos disponíveis em uol.com.br/podcasts. Para ouvir este e outros programas você pode baixar aplicativos como o Spotify e Apple Podcasts, por exemplo, buscar o nome do podcast e dar play no episódio desejado.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

Mauricio Stycer