Topo

Associação de roteiristas premia Malhação, Pais de Primeira e Sob Pressão

Mauricio Stycer

29/10/2019 16h33

Elenco de "Malhação – Vidas Brasileiras", exibida pela Globo entre 2018 e 2019

A Associação Brasileira de Autores Roteiristas divulgou os resultados do 3º Prêmio ABRA de Roteiro para televisão e cinema. Trata-se da maior associação de autores roteiristas profissionais do audiovisual brasileiro, com mais de 500 roteiristas associados.

Neste ano, o roteirista homenageado foi Jorge Durán, autor, entre outros, dos roteiros dos filmes "Lúcio Flávio, O Passageiro da Agonia", "Pixote: A Lei do Mais Fraco" e "Proibido Proibir".

Os vencedores foram escolhidos pelos roteiristas associados à ABRA através de voto direto pela internet. Os prêmios (veja a lista abaixo) se referem a produções exibidas em 2018. Os vencedores das duas primeiras edições podem ser vistos aqui e aqui.

Roteirista do Ano: Jorge Furtado (criador das séries "Mister Brau" e "Sob Pressão" e diretor/roteirista do filme "Rasga Coração").

Melhor roteiro de novela: "Malhação – Vidas Brasileiras" (Globo). De Patrícia Moretzsohn, escrita com Chico Soares, Laura Rissin, Renata Dias Gomes e Ricardo Tiezzi; Supervisão de texto de Daniel Ortiz.

Renata Gaspar e George Sauma em "Pais de Primeira", série cômica lançada pela Globo em 2018

Melhor roteiro de série (30 minutos): "Pais de Primeira" (Globo), primeira temporada. Série criada por Antônio Prata, Bruna Paixão, Chico Mattoso, Tati Bernardi e Thiago Dottori.

Melhor roteiro de série (60 minutos): "Sob Pressão" (Globo), segunda temporada. Redator final: Lucas Paraizo. Colaboradores: Márcio Alemão, Antonio Prata e André Sirangelo.

Melhor roteiro de série documentário/reality: "Guerras do Brasil.doc" (TV Brasil). Roteiro: Denilson Monteiro, Felipe Milanez, Gil Alessi, Henrique Crespo, José Francisco Botelho, Luiz Bolognesi e Victor Fisch.

Melhor roteiro de série infanto-juvenil: "Irmão do Jorel" (Cartoon Network), terceira temporada. Roteiro: Arnaldo Branco, Caito Mainier, Daniel Furlan, Juliano Enrico, David Benincá, Elena Altheman, Felipe Berlinck, Gustavo Suzuki, Leandro Ramos, Nigel Goodman, Pedro Leite, Raul Chequer, Valentina Castelo Branco, Zé Brandão.

Cena de "Benzinho", de Gustavo Pizzi

Melhor roteiro de longa-metragem original: "Benzinho". Roteiro de Karine Teles e Gustavo Pizzi.

Melhor roteiro de longa-metragem adaptado: "Aos Teus Olhos". Roteiro de Lucas Paraizo.

Melhor roteiro de curta-metragem: "O Mistério da Carne". Roteiro de Rafaela Camelo.

Melhor roteiro de longa-metragem documentário: "Ex-Pajé". Roteiro de Luiz Bolognesi.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

Mauricio Stycer