Topo

TV Cultura troca presidente e cria conselho de gestão comandado por Boni

Mauricio Stycer

22/05/2019 16h59

Boni, José Roberto Maluf, Doria e Sergio Sá Leitão no anúncio do novo comando da TV Cultura

O governador de São Paulo, João Doria, tornou público nesta quarta-feira (22) o nome do novo presidente da Fundação Padre Anchieta, que gere a TV Cultura, José Roberto Maluf, no lugar de Marcos Mendonça. Também foi anunciado o nome do novo presidente do Conselho Curador, Antônio Prado Jr., no lugar de Augusto Rodrigues.

Ambas as mudanças já eram esperadas. A novidade foi o anúncio da criação de um Conselho de Gestão, a ser comandado por José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, com a participação de outros 12 integrantes. Todos vão trabalhar de forma voluntária e participarão de uma reunião mensal "na busca da integração às novas tecnologias de transmissão e parcerias com o setor privado".

Fazem parte deste novo conselho de notáveis o secretário de Cultura, Sérgio Sá Leitão; o presidente da Fundação Padre Anchieta, José Roberto Maluf; o presidente do Conselho Curador, Antônio Prado Jr.; Marcelo Duarte; Ricardo Scalamandré; Bruno Barreto; Chico Zaidan Mendez; José Maurício Fittipaldi; Matias Antonio Jacinto; Phillipe Carrasco; Roberto Buzzoni e Roberto Giannetti.

A criação deste conselho formaliza uma prática que o Conselho Curador adotou de forma informal nos últimos anos, recorrendo a consultas e sugestões de profissionais do mercado, como Serginho Groisman, Tadeu Jungle, Fernando Meirelles e Marcelo Tas, entre outros, com os mesmos propósitos.

A escolha de Maluf para substituir Mendonça sinaliza uma mudança importante. O novo presidente da TV Cultura é um profissional do mercado de comunicação, com experiências importantes no SBT e na Band, entre outros. O antigo comandante é um político do PSDB.

"Nossa intenção é ampliar a participação do setor privado no apoio à programação tanto da TV como da Rádio Cultura", afirmou Doria ao anunciar as novidades.

Maluf causou boa impressão ao ser sabatinado pelo Conselho Curador antes de ser confirmado no cargo. Deixou claro em sua fala aos conselheiros que o país vive um momento complexo, que exige uma defesa enfática da cultura e da educação.

Prado Jr. é especialista em marketing e faz pesquisas eleitorais. É um nome próximo ao PSDB.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

Mauricio Stycer