PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

UOL Vê TV: Dez momentos que a gente preferia não ter visto na TV em 2018

Mauricio Stycer

19/12/2018 05h01

O ano está chegando ao fim e, para festejar, aproveito para fazer uma retrospectiva e lembrar de momentos que muitos gostariam de esquecer. Erros, absurdos, grosserias, vacilos, todos aqueles momentos em que a TV brasileira foi assunto negativamente (veja no vídeo acima).

Dez notícias que inspiraram este vídeo
1. Beijando na TV, Marcos pergunta: "Estão me pagando pra isso?
2. Simone reproduz fake news sobre votos no Faustão e não é contestada
3. Em programas da Record, Iza não canta a palavra "mandinga"
4. Após reação negativa, mensagem do SBT que lembra a ditadura sai do ar
5. Após Globo, SBT e Record são notificadas por falta de representação racial
6. Sabrina e Zoe protagonizam um longo, atribulado e lucrativo reality show
7. Na estreia do Bake Off, Anquier imita Fasano e diz que doce parece estrume
8. A arte de espinafrar: "O cordeiro tá cru; mais um pouquinho e ele: mééé!!!"
9. Pedindo para virar meme, Fátima debate a posição do papel higiênico
10. Silvio recusa abraço de Claudia Leitte e explica: "Eu fico excitado"

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.