Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Globo e Record cobrem visita de Bolsonaro à casa de Silvio melhor que o SBT

Mauricio Stycer

14/12/2018 13h47


Fora da agenda divulgada à mídia, o almoço do presidente eleito Jair Bolsonaro na casa de Silvio Santos na quinta-feira (13) foi documentado pela Globo e pela Record com imagens feitas do alto de helicópteros.

Invasão de privacidade? Em tese, sim. Mas a resposta é mais complexa quando envolve figuras que ocupam cargos públicos. No caso de um presidente da República, ou em vias de assumir esta posição, como Jair Bolsonaro, praticamente tudo que faz, mesmo de forma privada, tem interesse público.

Na Globo, as imagens do encontro com Silvio Santos foram exibidas no "Jornal Hoje" e no "Jornal Nacional". Na Record, apareceram em seu principal telejornal, o "Jornal da Record". O SBT, além de falar mais rapidamente do assunto, não mostrou imagens.

Além de exibirem cenas semelhantes, Globo e Record trataram do encontro de forma protocolar e respeitosa. Ambas se referiram ao anfitrião como "o empresário Silvio Santos, dono do SBT" e relataram que o motivo da visita foi "um almoço em comemoração ao aniversário" de Silvio.

Já no SBT não foram divulgadas imagens do encontro, nem o motivo. O principal telejornal da emissora, o "SBT Brasil", tinha uma equipe diante da casa de Silvio Santos, mas mostrou apenas os carros oficiais da comitiva do presidente eleito deixando o local. E a repórter informou: "Depois da consulta (no Hospital Albert Einstein), Jair Bolsonaro almoçou com o empresário e apresentador Silvio Santos".

Veja também
Bolsonaro almoça com Silvio Santos em SP após consulta em hospital
"Peço a Deus 8 anos com Bolsonaro e 8 anos com Moro", diz Silvio no Teleton

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.