Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Bolsonaro volta a privilegiar a Record e dá exclusiva sobre convite a Moro

Mauricio Stycer

01/11/2018 16h55


No que está sinalizando uma tendência no seu tratamento com a mídia, Jair Bolsonaro voltou a privilegiar a Record nesta quinta-feira (01). A emissora foi a primeira a falar com o presidente eleito sobre o seu encontro com Sérgio Moro, no qual foi acertado que o juiz será o ministro da Justiça do próximo governo (veja aqui).

No domingo (28), a Record foi a única emissora autorizada a entrar na casa de Bolsonaro, no Rio, enquanto se aguardava o resultado oficial das eleições. Enquanto o presidente falava sobre a vitória para um "pool" de emissoras, a Record captava imagens exclusivas, de dentro da residência.

Na segunda (29), o presidente eleito concedeu à Record a primeira entrevista exclusiva depois do anúncio do resultado. Suas primeiras palavras ao repórter Eduardo Ribeiro foram de agradecimento ao "jornalismo isento" da emissora.

Durante a campanha eleitoral, Edir Macedo, dono da Record e fundador da Igreja Universal, declarou apoio a Bolsonaro. A emissora assegura que esta adesão não afetou em nada a cobertura jornalística da campanha.

Em sua defesa, a emissora argumenta que está fazendo apenas jornalismo e que já conviveu inúmeras vezes com a situação inversa – por exemplo, o privilégio dado pelo então presidente Lula à Globo em 2003, no primeiro ano de seu primeiro mandato. "É preciso valorizar a informação em primeira mão com o objetivo de oferecer o melhor ao telespectador", diz a Record.

Veja também
Bolsonaro sobre papel da imprensa: "Cheguei ao poder graças às mídias sociais"
Maratona na TV: Bolsonaro elogia Record, descarta TV Brasil e ataca a Folha
Moro aceita convite e será ministro da Justiça de Bolsonaro
Bolsonaro repete Dilma e dá entrevista à Record antes de falar com a Globo
Record critica Haddad, se diz isenta e defende apoio de Macedo a Bolsonaro

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.