Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Bolsonaro repete Dilma e dá entrevista à Record antes de falar com a Globo

Mauricio Stycer

29/10/2018 17h05

Entrevista que Bolsonaro deu à Record no mesmo dia do debate presidencial da Globo no primeiro turno

A Record está anunciando para às 19h desta segunda-feira (29) a primeira entrevista exclusiva com o presidente eleito, Jair Bolsonaro. No horário, a emissora exibe o policial "Cidade Alerta", mas vai interrompê-lo para apresentar uma edição especial do programa "O Voto na Record 2018".

Se esperasse para apresentar a entrevista no "Jornal da Record", às 21h45, a emissora não teria a primazia de ser a primeira. O "Jornal Nacional", da Globo, está prevendo uma entrevista com o presidente eleito ao vivo para esta noite. Bolsonaro não falará da bancada do telejornal, como fizeram outros presidentes eleitos, por causa das limitações impostas pela bolsa de colostomia.

O SBT também promete entrar ao vivo nesta segunda-feira com Bolsonaro durante o "SBT Brasil", que vai ao ar às 19h45. Assim como Record e Globo, a entrevista será feita na casa do presidente eleito. Já a RedeTV! exibirá no "RedeTV! News", às 19h25, uma entrevista gravada nesta tarde com o presidente eleito. A Band, no seu "Jornal da Band", igualmente, trará as palavras de Bolsonaro em uma entrevista gravada.

Com este gesto, Bolsonaro repete a atitude de Dilma Rousseff. Na segunda-feira após ser eleita presidente, em 1º de novembro de 2010, ela deu entrevista primeiro ao "Jornal da Record" e na sequência ao "Jornal Nacional".

Em 2002, Lula foi muito criticado por ter privilegiado a Globo. Presidente eleito, ele se sentou na bancada do "Jornal Nacional" e, além de dar entrevista, acompanhou o noticiário até o final. Na véspera, ele também havia falado com exclusividade ao "Fantástico". Foram as únicas entrevistas que ele deu para emissoras de TV naqueles dias.

Neste domingo (28), enquanto Bolsonaro dava a primeira entrevista a um "pool" formado por todas as emissoras, uma equipe da Record estava dentro da casa do presidente eleito. Desde a campanha eleitoral, ele tem privilegiado a emissora, cujo dono, e fundador da Igreja Universal, Edir Macedo, declarou publicamente apoio a sua candidatura.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.