PUBLICIDADE
Topo

Receba os novos posts desta coluna no seu e-mail

Email inválido
Seu cadastro foi concluído!
reinaldo-azevedo

Reinaldo Azevedo

mauricio-stycer

Mauricio Stycer

josias-de-souza

Josias de Souza

jamil-chade

Jamil Chade

Mauricio Stycer

No JN, Globo critica fala de Bolsonaro sobre “possível fraude” na eleição

Mauricio Stycer

29/09/2018 22h05

O "Jornal Nacional" exibiu neste sábado (29) uma curta entrevista com o candidato Jair Bolsonaro, na qual ele voltou a dizer que colocará em dúvida o resultado da eleição caso não seja o vencedor. Na sexta, em entrevista a José Luiz Datena, na Band, ele havia dito: "Pelo que eu vejo nas ruas, não aceito resultado das eleições diferente da minha eleição". Questionado pela repórter Graziela Azevedo no avião que o levou de São Paulo ao Rio, o candidato afirmou:

"Eu vejo que foi um absurdo o PT crescer. Não existe isso, que eu sinto nas ruas, que eu vejo em manifestações. É um sinal claro de que o povo está do nosso lado. E da forma como isso é demonstrado não dá pra gente aceitar passivamente na fraude, na possível fraude, a eleição do outro lado", disse.

Na sequência, o apresentador Rodrigo Bocardi leu um editorial no qual criticou a fala do candidato: "Aceitar o resultado das urnas é um princípio básico de toda democracia e deve ser respeitado por candidatos e eleitores", disse o apresentador, lembrando que as urnas eletrônicas são comprovadamente seguras. Veja a íntegra do texto lido no "Jornal Nacional":

"Uma nota editorial. Todos os candidatos que disputam essa eleição tiveram a sua legitimidade sancionada pelo Tribunal Superior Eleitoral e estão, portanto, aptos a disputá-la. Aceitar o resultado das urnas é um princípio básico de toda democracia e deve ser respeitado por candidatos e eleitores. Tanto o TSE quanto analistas independentes asseguram diversas vezes que as urnas eletrônicas brasileiras são seguras, especialmente porque não estão conectadas à internet, o que impede a ação de hackers."


Comentários são sempre muito bem-vindos, mas o autor do blog publica apenas os que dizem respeito aos assuntos tratados nos textos.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.