Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Silvio Santos festeja audiência de Poliana: “Edir Macedo nem dorme mais”

Mauricio Stycer

26/08/2018 22h51

Silvio Santos recebeu Sophia Valverde e Igor Jansen no Jogo das 3 Pistas


Feliz com a audiência de "As Aventuras de Poliana", a nova novela infantil do SBT, Silvio Santos provocou Edir Macedo, dono da Record, durante o seu programa neste domingo (26). "Edir Macedo tá pê da vida. Não aguenta mais. Nem dorme mais. Ele tá orando de hora em hora por sua causa", disse ele para a atriz Sophia Valverde.

O dono do SBT recebeu a protagonista de "Poliana" e o ator Igor Jansen no "Jogo das Três Pistas". "Quando crescer, você vai pra Globo?", perguntou Silvio para Sophia. "Não sei", respondeu a atriz. "Claro que vai. Você e a outra lá, a Larissa Manoela. Mas não faz mal", disse. "Eu rogo praga".

Silvio, então, lembrou de Ana Paula Arósio, contratada aos 19 anos pelo SBT. "Eu trouxe ela pra cá. Bonita… Vinha com a mãe. Onde ela ia, a mãe ia. A Globo levou ela. Roguei praga. Tá criando cavalo. Bem feito."

Ana Paula Arósio trocou o SBT pela Globo após quatro anos, em 1998. Em 2010, deixou a carreira artística. Consta que atualmente vive em um sítio no interior de São Paulo.

Ao final do jogo, Silvio repetiu a "ameaça" a Sophia: "Se for pra Globo, vai criar cavalo. Tô te avisando. Quando eu rogo praga… A Globo chama, mas vocês se dão mal. Vai criar cavalos. Aliás, vou rogar outra praga: vai criar porcos".

Veja também
Silvio Santos: Se cada queda de Neymar valesse um gol, Brasil seria campeão

Comentários são sempre muito bem-vindos, mas o autor do blog publica apenas os que dizem respeito aos assuntos tratados nos textos.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Mauricio Stycer
É jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.