Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Leo Dias erra, se corrige, mas ouve críticas de Mara no “Fofocalizando”

Mauricio Stycer

14/08/2018 18h06


Na pressa de dar informações em primeira mão, ao vivo, no "Fofocalizando", o colunista Leo Dias cometeu, nesta terça-feira (14), o que os jornalistas chamam de "barriga". Deu uma informação, ao que parece, errada.

Leo anunciou, com toda a gravidade que a notícia merecia, que a sogra do cantor Belo, Ledir Jacobina, havia sido atacada por um dos cachorros da própria filha, Gracyanne Barbosa, e, em consequência, estava na UTI de um hospital.

Depois que a bomba foi lançada, todos os integrantes do "Fofocalizando" debateram o assunto intensamente, analisando diferentes ângulos da notícia. Até que, depois de uns 10 minutos, Leo revelou ter falado com Belo, que desmentiu o fato. "Não existe isso. É doideira", afirmou o cantor.

"O Belo está aqui dizendo que está tudo bem com a sogra e eu peço desculpas por ter me apressado e passado essa informação que o Belo veio a não confirmar. Graças a Deus, o 'Fofocalizado' tem contato direto com os artistas", disse o jornalista.

Lívia Andrade elogiou a postura do colega: "Isso que é bom, Leo. Você tem acesso aos artistas, a sua agenda é maravilhosa. Você é sempre recebido por todos os artistas e esclarece tudo rapidinho e ao vivo para o nosso público. Obrigado. Foi quase uma pegadinha do Malandro. E você, malandramente, pegou a informação correta e corrigiu para o nosso público. Isso é que importa."

Mas Mara Maravilha não perdoou: "Dessa vez ficou tudo bem, mas é muito complicado a gente dar uma notícia e depois explicar que focinho de porco não é tomada. Então é bom a gente se precaver. O ideal mesmo é a gente checar antes pra depois a gente falar. Eu penso assim, desculpa tá, com todo respeito a todos."

Leo Dias não comentou a crítica de Mara, mas postou um vídeo em seu perfil no Instagram, no qual diz: "Só Deus sabe o quão difícil é fazer programa ao vivo. Às vezes a gente erra e ainda tem tempo de corrigir o erro. Agora, ouvir certas coisas, meu amor…. É melhor ficar calado. Porque ler teleprompter, até papagaio lê. Acho que vou entrar pra aula de ioga pra aprender a ouvir um monte de baboseira e não falar nada. Respirar, contar até dez."

A troca de farpas entre Mara e Leo se tornou uma das grandes atrações do "Fofocalizando". A direção do programa tolera estas brigas porque entende que elas geram publicidade e audiência. Aluna da Escola Silvio Santos de Televisão, Mara parece entender essa dinâmica muito bem.

Leo tem a seu favor o número elevado de "furos" (notícias exclusivas) que deu no ar no SBT. Ele é, aliás, o único dos cinco integrantes da atração que apura e traz novidades – os demais apenas comentam. E agiu muito corretamente ao reconhecer o erro sobre a sogra de Belo e pedir desculpas ainda ao vivo. Por outro lado, Mara tem razão em cobrar mais cuidado do jornalista. E, acho, não se incomoda em ser indelicada por acreditar que esse tipo de polêmica que gera é bom para o programa.

Atualizado às 19h30: Em postagem no Instagram no início da noite, Leo Dias afirma ter esclarecido o caso. Segundo o jornalista, foi a mãe de Belo, e não a de Gracyanne, que foi internada por causa de uma mordida de cachorro. O caso ocorreu há cerca de 20 dias, disse.

Comentários são sempre muito bem-vindos, mas o autor do blog publica apenas os que dizem respeito aos assuntos tratados nos textos.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Mauricio Stycer
É jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.