Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Na estreia do Bake Off, Anquier imita Fasano e diz que doce parece estrume

Mauricio Stycer

12/08/2018 17h43

"O que ele tá carregando aqui que parece estrume?", perguntou Anquier


O SBT estreou neste sábado (11) a quarta temporada do "Bake Off Brasil". Como a emissora gosta de dizer, é "o reality show gastronômico com maior audiência da TV brasileira, numa referência ao "MasterChef", da Band, o mais famoso dos programas do gênero no país.

Duas novidades marcaram a estreia. Nadja Haddad substituiu Carol Florentino na apresentação e Olivier Anquier entrou no lugar de Fabrizio Fasano papel de "jurado malvadão". A confeiteira Beca Milano segue como a jurada simpática e fofa.

Fasano era a principal atração do reality. Ele divertia o público com seu mau humor afetado e tiradas cruéis. Por divergências com o SBT na renovação do contrato, deixou o "Bake Off".

Seu substituto, Anquier, chegou dando uma declaração polêmica ao UOL: "A grande diferença que faz de um apresentador para outro é justamente a capacidade de ser ele mesmo. Quem era o Fabrizio Fasano? Não sei quem é, não o conheço pessoalmente. Não assistia ao 'Bake Off Brasil', não tinha a mínima ideia do que ele fez ou não fez".

Talvez por não conhecer Fasano, Anquier se portou exatamente como o antigo jurado. Fez o papel de malvadão e, até, repetiu uma famosa grosseria dita na primeira temporada.

Diante de um bolo de chocolate que não gostou, na estreia da primeira temporada, em 2015, Fasano disse: "Você não sabe se é um brigadeiro ou um pedaço de coco de cavalo". Já Anquier, pouco impressionado com um bolo em formato de caminhão, perguntou ao autor do doce neste sábado: "O que ele tá carregando aqui que parece estrume?"

Anquier também assustou, com uma careta, uma candidata que fez um bolo com doce de leite. "Meu marido falou: não vai prestar. Aquele cara tem cara de ser chato", disse Fatinha. "Vou até tomar um remédio", disse o chef a outra candidata que fez um bolo decorado com "medicamentos".

No momento mais duro, Anquier foi impiedoso com a candidata que fez um bolo de cappuccino para lembrar que sua família "tomava café o dia todo para passar a fome". Disse o chef: "Você pensa que vai ganhar o programa com esse bolo? Tem muita vitimização aqui, tá? Todo mundo passa por sentimento, não é só você".

Anquier, enfim, foi a grande atração da estreia da quarta temporada, mas sua participação lembrou muito a de Fabrizio Fasano. Até o momento, aparentemente, o SBT trocou seis por meia dúzia – e o programa não perdeu o melhor do mau humor.

A quarta temporada terá 18 episódios. O programa é um formato da Love Productions, distribuído pela BBC Studios, coproduzido pelo SBT e pela Discovery Home & Health. No canal pago, será exibido às sextas, às 22h35, com reprise aos domingos, às 20h50.

Veja também
Olivier Anquier não teme substituir Fasano no "Bake Off": "Não sei quem é"
"Bake Off Brasil" diverte com jurados cruéis e candidatos despreparados
Ainda mais azedos, jurados se estranham na volta do "Bake Off Brasil"

Comentários são sempre muito bem-vindos, mas o autor do blog publica apenas os que dizem respeito aos assuntos tratados nos textos.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Mauricio Stycer
É jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.