Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Eliana pedia ao Tchan para usar roupas mais bem comportadas em seu programa

Mauricio Stycer

28/06/2018 05h01

O ano de 2018 marca para Eliana uma data especial: os 30 anos de sua estreia como artista na televisão. Ela é jovem, tem apenas 44 anos, mas começou muito cedo, cantando no grupo A Patotinha. Depois, participou do Banana Split. Até o dia em que Silvio Santos enxergou o potencial da menina e a convidou para trocar a música pela TV. O resto é história.

Foi para falar destes 30 anos na TV que Eliana deu esta entrevista ao “UOL Vê TV”. No vídeo acima, estão destacados alguns trechos, como o que ela fala do esforço que sempre fez, como apresentadora de programas infantis, para evitar o excesso de sensualidade. Isso incluía não usar batom nem pintar as unhas e, até, pedir às bailarinas do É o Tchan para usarem roupas mais bem comportadas.

Eliana também falou do que representa ser a única mulher entre os apresentadores que disputam a atenção do público aos domingos na TV aberta, sobre como vê a concorrência, os esforços para melhorar o seu programa e, ainda, sobre os exageros que, às vezes, são cometidos para emocionar o espectador. No vídeo abaixo, há uma versão estendida da entrevista. Recomendo.

Não concordo em descer muito na tristeza, diz Eliana sobre dramas na TV


Comentários são sempre muito bem-vindos, mas o autor do blog publica apenas os que dizem respeito aos assuntos tratados nos textos.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.