Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

O Brasil inteiro já sabe que Paulo Cintura odiou a nova Escolinha da Globo

Mauricio Stycer

19/06/2018 14h36


Depois da exibição da primeira temporada da nova “Escolinha do Professor Raimundo”, entre dezembro de 2015 e janeiro de 2016. Paulo Cintura saiu em turnê pelas principais emissoras de televisão com um mesmo show, intitulado “A Globo errou”.

Pelas minhas contas, entre abril de 2016 e junho de 2018, ele já apareceu em quase uma dezena de programas na TV aberta falando a mesma coisa.

Nesta última segunda-feira (18), o ator apresentou o seu número no “Programa do Porchat”, na Record. Este ano já esteve, também, no “Domingo Show”, na mesma emissora, e no “The Noite”, no SBT.

Como já escrevi aqui no blog, Cintura está em seu direito de reclamar. Ele defende a ideia de que a Globo, ao produzir o remake do humorístico criado por Chico Anysio, deveria ter mesclado atores veteranos com novos integrantes – e não, como a emissora fez, ter renovado inteiramente o elenco.

O problema é ver a repetição desta reclamação ad infinitum da TV. A esta altura, o Brasil inteiro já sabe que Paulo Cintura não aprova a nova “Escolinha do Professor Raimundo”.

Veja também
Em 15 dias, Paulo Cintura faz as mesmas críticas à Escolinha em três canais
Paulo Cintura critica nova “Escolinha'': “Tem gente morrendo de depressão''


Comentários são sempre muito bem-vindos, mas o autor do blog publica apenas os que dizem respeito aos assuntos tratados nos textos.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.