Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Memória falha e personagem faz a mesma descoberta em dois capítulos

Mauricio Stycer

07/06/2018 00h27


O "Detetive Vê TV" está trabalhando muito desde a estreia de "Segundo Sol". Desta vez, por causa da memória de João Emanuel Carneiro, que parece ter falhado – e as vítimas foram Maura (Nanda Costa) e Ionan (Armando Babaioff).

No seu primeiro dia de trabalho na delegacia, no capítulo de sexta-feira (01), Maura foi apresentada ao seu parceiro. Ao final da conversa, ela disse: "Desculpe lhe perguntar, mas é que disseram que você é irmão do famoso Beto Falcão. É verdade?", quis saber. "É sim", respondeu Ionan. "É mesmo? Que massa. Sempre fui superfã de seu irmão. De verdade", diz a policial novata. "Massa", agradece o colega veterano, meio sem graça. "Mas meu nome é Ionan", encerrou ele.

Cinco capítulos depois, nesta quarta-feira (06), Ionan e Maura foram convocados para uma operação especial no prostíbulo de Laureta (Adriana Esteves). Ao serem informados dos detalhes, ele disse: "Eu já cruzei com ela várias vezes em eventos que ela fez em homenagem ao meu irmão, falecido. Beto Falcão." Maura se espantou: "Beto Falcão? Teu irmão?" E Ionan respondeu: É. Depois lhe conto esta história".

O "detetive" Mr. Novela, colaborador do blog, se espantou: "O que me impressiona é que nenhum dos atores, direção, equipe, foi capaz de perceber que duas cenas no mesmo ambiente apresentaram informação contraditória. Essa novela começou bem". Realmente…

Veja também
Detetive Vê TV: Homem é esquecido no fundo de um barco em Segundo Sol
"Fantasma", cenário repetido e volta no tempo: 5 tropeços de "Segundo Sol"
Furos incomodam o espectador, e ele tem razão de reclamar
Detetive Vê TV: Luzia não pode ver sangue, mas na primeira fase podia


Comentários são sempre muito bem-vindos, mas o autor do blog publica apenas os que dizem respeito aos assuntos tratados nos textos.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Es portivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

Newsletters

Mauricio Stycer traz análises exclusivas sobre TV e Famosos.

Quero receber