Blog do Mauricio Stycer

Troca de novela das 21h derruba a audiência de “Onde Nascem os Fortes”

Mauricio Stycer

15/05/2018 19h15


A novela das 21h é o principal produto do horário nobre da Globo e, frequentemente, o seu desempenho em matéria de audiência afeta os programas exibidos na sequência. Uma boa oportunidade para medir este impacto ocorreu nesta segunda-feira (14), dia da estreia de “Segundo Sol”.

A exibição do primeiro capítulo da novela de João Emanuel Carneiro derrubou a audiência de “Onde Nascem os Fortes”. No ar desde 23 de abril, a ótima supersérie registrou números de audiência muito bons em São Paulo nas primeiras três segundas-feiras em que foi ao ar – 25,8 pontos no dia 23, 28,9 no dia 30 e 28,7 em 7 de maio– uma média de 27,8 pontos. Já nesta segunda (14), a média caiu para 21,6 – uma perda de 6,1 pontos ou de 23%.

Basta ver os números de audiência da novela das 21h para entender esta queda abrupta. “O Outro Lado do Paraíso” marcou 43,8 (em 23/4), 42,7 (em 30/4) e 47,6 (em 7/5). Já a estreia de “Segundo Sol” (14/5) registrou 35,2 pontos.

A nova novela das 21h estreou bem, na comparação com as duas novelas anteriores (veja aqui). Mas, evidentemente, com números bem inferiores ao da reta final da trama anterior. “Onde Nascem os Fortes”, que não tem nada a ver com isso, perdeu cerca de 1,2 milhão de espectadores de uma hora para outra, em São Paulo. E vai penar para recuperá-los.

Cada ponto em São Paulo equivale a 71.855 residências ou 201.061 indivíduos.

Veja também
“Onde Nascem os Fortes” é um oásis no deserto atual de novelas na televisão
Em meio a veteranos, Alice Wegmann se destaca em “Onde Nascem os Fortes”


Comentários são sempre muito bem-vindos, mas o autor do blog publica apenas os que dizem respeito aos assuntos tratados nos textos.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Topo