Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Figurante se junta à família de Kaysar, engana Jéssica e intriga o público

Mauricio Stycer

11/04/2018 00h52

Uma mulher idêntica a Maria da Penha Oliva de Araújo, a Pepeca, figurante do programa "Tudo pela Audiência", apareceu na noite desta terça-feira (10) em meio aos familiares de Kaysar, no "BBB18".

Vestindo uma camiseta estampada com o rosto do participante, a mulher abraçou demoradamente Jéssica, a eliminada da noite. "Te amo. Te amo muito", ela disse para a ex-BBB. "Vocês são demais", respondeu Jéssica, acreditando estar abraçando e falando com alguém da família de Kaysar.

A semelhança da mulher com Pepeca impressionou até mesmo Fabio Porchat, apresentador do humorístico exibido pela Multishow. Ele fez piada no Twitter, perguntando: "Pepeca, por onde andas na Síria?"

Depois da publicação deste texto apareceram fotos de Maria da Penha na plateia do "BBB" em outras noites de eliminação. Ela é bem versátil. Não parece ter preferência por nenhum participante, em particular.

Em uma, veste a camisa da torcida do ex-BBB Diego e está ao lado da ex-BBB Patricia (acima). Em outra (ao lado), veste a camisa do time Gleici no dia da eliminação de Nayara. E na terceira imagem, ela está junto do grupo de amigos do ex-participante Lucas (abaixo).

Parecida com Russo, antigo assistente de palco de programas da Globo, Maria da Penha foi batizada como Pepeca por Tatá Werneck, parceira de Porchat no "Tudo pela Audiência".

Ainda à noite, questionei a Globo se a assistente do humorístico do Multishow estava na plateia do "BBB18", mas não obtive resposta. Na manhã desta quarta-feira (11), voltei a questionar a emissora. Perguntei: "Como é possível uma figurante usar a camisa do time Kaysar como se fosse da família? Jessica a beijou e abraçou pensando que era da família. Não há controle da Globo? O espectador, em casa, é levado a acreditar, pelo apresentador, que aquelas pessoas são da família…" Assim que tiver uma resposta, atualizo o texto.

Atualizado às 9h30 e às 12h.

Veja também
Globo diz que a família de Kaysar é responsável por camisetas no paredão


Comentários são sempre muito bem-vindos, mas o autor do blog publica apenas os que dizem respeito aos assuntos tratados nos textos.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.