Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Após denúncia, site americano apaga resenhas elogiosas a “Nada a Perder”

Mauricio Stycer

08/04/2018 21h43


O filme "Nada a Perder" conseguiu um feito raríssimo no site IMDb, o maior banco de dados sobre cinema na internet: avaliado por cerca de 15 mil internautas, ganhou apenas notas 10. Esta unanimidade colocou a cinebiografia de Edir Macedo na posição de um dos filmes mais bem avaliados da história.

Não à toa, neste domingo (08), a própria Record tratou do assunto. O desempenho de "Nada a Perder" no site americano ganhou reportagem no "Domingo Espetacular". "O desempenho se compara a filmes como 'O Poderoso Chefão', lançado em 1972, e 'Um Sonho de Liberdade', de 1994, os dois mais populares do ranking", observou a repórter Evelyn Bastos, de Nova York. "Para se ter uma ideia, o filme vencedor do Oscar deste ano, 'A Forma da Água', tem nota 7,5, um ponto e meio a menos que 'Nada a Perder'. ET, o Extraterrestre, tem nota 7,9", acrescentou.

Em questão de minutos, o site americano recebeu dezenas de denúncias de que não apenas as notas estariam sendo dadas por robôs como haveria muitas resenhas falsas entre os elogios publicados ao filme. Nesta segunda-feira, o número de resenhas caiu de cerca de 150 para apenas 17. As outras foram apagadas.

Depois da unanimidade inicial, a nota média do filme caiu de 10 para 9 (clique na imagem ao lado). O mais curioso é que o filme desperta sentimentos extremos – 15 mil deram nota 10, enquanto 1.300 deram nota 1. Notas intermediárias, entre 9 e 2, são minoria absoluta.

Pelos nomes que assinam tanto as resenhas elogiosas quanto as denúncias de que são "fakes", todas parecem escritas por brasileiros em inglês. Os comentários mais recentes chamam a atenção dos moderadores do site, pedindo que eles observem a semelhança entre os elogios.

"Nada a Perder" estreia nos EUA em 10 de maio.

Atualizado em 9/4, às 16h.

Veja também
Filme sobre Edir poupa a "inimiga" Globo e limita ataque à Igreja Católica
Ingressos dados e oração de Edir Macedo são mistérios em "Nada a Perder"

* Atualizado às 14h45 do dia 09/04/18.


Comentários são sempre muito bem-vindos, mas o autor do blog publica apenas os que dizem respeito aos assuntos tratados nos textos.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.