Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Menina que dizia imitar Glória Maria vira “Marcelinha Rezende” na Record

Mauricio Stycer

04/03/2018 19h58


Famosa por seus vídeos em que simula fazer reportagens para denunciar problemas de sua cidade, a menina Mirella Archangelo, de 11 anos, foi tema da “Hora do Faro” neste domingo (04). Ela e seus três irmãos ganharam equipamentos de verdade no palco do programa.

Nos vídeos que haviam viralizado no final de 2017, Mirella usava um microfone de papelão com a marca da Globo na canopla. Para exibir estas imagens, o programa da Record “borrou” a logomarca da concorrente (veja acima). Outro detalhe curioso é que Mirella, em entrevista à BBC, disse se inspirar nos jornalistas Glória Maria e Rodrigo Bocardi, ambos da Globo, mas na “Hora do Faro” ela foi chamada de “Marcelinha Rezende”.

No final de dezembro, Mirella foi tema de uma reportagem do “Fantástico”. Questionada sobre quem era a sua inspiração, ela respondeu: “Gloria Maria. Acho ela bem divertida. E bem parecida comigo”. Ao final, a própria Glória apareceu em Ribeirão Preto para gravar uma reportagem com Mirella e seus irmãos.

Agradeço ao leitor Carlos Daniel Bracho pela sugestão.

Comentários são sempre muito bem-vindos, mas o autor do blog publica apenas os que dizem respeito aos assuntos tratados nos textos.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.