Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Exagerado, diálogo de mãe e filha lembra novela mexicana exibida pelo SBT

Mauricio Stycer

23/02/2018 23h41


Chocada após flagrar a própria mãe beijando o seu namorado dentro da sua casa, Livia (Grazi Massafera) ficou desesperada. Ela primeiro expulsou Mariano (Juliano Cazarré) da mansão e, em seguida, dirigiu-se a Sophia (Marieta Severo).

“Como é que você pode fazer uma coisa dessas? Você e o Mariano? Que situação mais horrível. Você nunca me disse nada! Minha mãe. Você é minha mãe! Como você pode fazer uma coisa dessas? Como você teve coragem de fazer uma coisa dessas?”

E com o olhar gelado de vilã, Sophia respondeu fazendo uma pergunta: “Quem disse que eu sou tua mãe?”

Ri muito desta conclusão da cena no final do capítulo desta sexta-feira (23). Sutileza é para os fracos. A frase da vilã, já dando início a um novo drama, é típica dos melodramas mais exagerados, daqueles que tentam nocautear o espectador a cada cena. Quem assiste a novelas mexicanas, exibidas pelo SBT, já viu coisas piores. “O Outro Lado do Paraíso” parece produção da Televisa.

Veja também
Lívia flagra Sophia aos beijos com Mariano; com quem garimpeiro deve ficar?

Comentários são sempre muito bem-vindos, mas o autor do blog publica apenas os que dizem respeito aos assuntos tratados nos textos.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.