Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Com nova grade, reprise de novela bíblica vira atração mais vista da Record

Mauricio Stycer

19/02/2018 05h01

Há três semanas, exatamente, a Record estreou uma mudança radical em sua grade. O telejornal “SP Record” foi extinto, o jornalístico policial “Cidade Alerta” dobrou de duração e a reprise de “Os Dez Mandamentos” saiu das 18h15 e passou para as 19h45.

O objetivo da alteração era recuperar a audiência perdida seis meses antes, quando o programa comandado por Luiz Bacci foi reduzido para 90 minutos. Os números do Ibope informam que o resultado foi alcançado. O “Cidade Alerta” teve nítido crescimento, impactando positivamente a programação que veio na sequência.

O mais curioso – e talvez inesperado – é que a reprise de “Os Dez Mandamentos” se tornou o programa mais visto da Record desde que a grade mudou. De 29 de janeiro a 15 de fevereiro, excluindo os finais de semana, a novela bíblica registrou média de 8,8 pontos no Ibope, em São Paulo. O “Cidade Alerta” ficou com média de 8,02 pontos, praticamente a mesma coisa que o “Balanço Geral”, comandado por Reinaldo Gottino, com 8,17.

A outra novela bíblica da grade, “Apocalipse”, também registrou crescimento de audiência depois das mudanças na grade. A trama que vinha acumulando números abaixo de 6 pontos, festeja uma média nestas três semanas de 7,84. Mas ainda está longe de ser o sucesso imaginado.

Com freqüência, nestas últimas três semanas, “Apocalipse” foi a quinta ou sexta maior audiência da Record no dia. A novela perdeu para filmes e outros programas jornalísticos da emissora em nove dos 14 dias analisados.

Veja também

Record elege telejornal local como “bode expiatório” de erro feito na grade
Com pragas e novo horário, Os Dez Mandamentos salta 40% na média
Propaganda religiosa fica mais explícita em trama bíblica nos dias atuais

Comentários são sempre muito bem-vindos, mas o autor do blog publica apenas os que dizem respeito aos assuntos tratados nos textos.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.