Blog do Mauricio Stycer

Com a função de beijar na TV, Marcos pergunta: “Estão me pagando pra isso?”

Mauricio Stycer

11/02/2018 02h05


O sempre abusado Carnaval da RedeTV! espantou até mesmo Marcos Harter, que a esta altura da carreira na televisão não deveria se surpreender com mais nada: “É sério que vocês estão me pagando para isso?”, perguntou, diante da insistência para que beijasse as convidadas do programa.

Após as polêmicas participações do médico no “BBB” e na “Fazenda”, a RedeTV! está tentando transformar esta sua passagem pelo “Bastidores do Carnaval” em um terceiro reality show. No primeiro dia, na sexta (09), Harter deu apenas um recatado selinho em Geisy Arruda. Neste sábado (10), fazendo dupla com Leo Aquila, Harter foi mais “exigido”. Beijou duas passistas.

Diante da hesitação da primeira, Denise Tacto, o médico pediu: “Beija logo, os caras lá já tão pedindo beijo grego”. Em outro bloco, incentivado a beijar uma passista da X-9, ele manifestou mais satisfação e agradeceu estar recebendo cachê para isso. “Estou vivendo um dos dias mais felizes da minha vida”, disse no início do “job”.

Já Leo Aquila usou e abusou de um dos bordões clássicos do Carnaval. Diante de vários entrevistados, ela primeiro pergunta: “É menino ou menina”. A dúvida foi estendida até ao modelo que apareceu com a faixa de Mister Brasil. “Você gosta de menino ou menina?” “Menina”, respondeu. “Eu sou menina”, avisou a repórter transex. Ele só sorriu.

Já o comediante Geraldo Magela, que está ganhando cachê para fazer piadas sobre cegos, teve direito neste sábado a ir além e usar as mãos para avaliar o bumbum de uma entrevistada. “De olho”, ele disse.

No estúdio, Nelson Rubens e Flavia Noronha contaram com a participação de Veridiana Freitas, como diabinha, Laura Keller, Sabrina Boing Boing. Mas elas ficaram em segundo plano diante da animação dos repórteres do programa.

Neste domingo, no Rio, o reality com Marcos Harter promete mais emoções.

Veja também
Cinco provas de que o Carnaval da RedeTV! é de outro planeta
1 ano após escândalo, RedeTV! reduz baixaria com selinho de Marcos em Geisy

Comentários são sempre muito bem-vindos, mas o autor do blog publica apenas os que dizem respeito aos assuntos tratados nos textos.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Topo