Blog do Mauricio Stycer

Reclamações e “patadas” de Silvio Santos em Mara fazem parte do "show"

Mauricio Stycer

21/01/2018 23h03


A estreia do quadro “O Dono do Trono” neste domingo (21) foi mais uma oportunidade para Silvio Santos fazer algo que, nos últimos tempos, tem sido motivo de diversão para ele: provocar e brigar com Mara Maravilha.

Ao lado de Lívia Andrade e Décio Piccinini, a cantora foi uma das juradas da nova atração – uma disputa musical entre crianças. O duelo entre Silvio e Mara acabou sendo a principal atração do quadro. “Fabiano, ela não serve. Tem que tirar”, disse ao diretor do programa, Fabiano Wicher, após Mara avaliar uma das crianças.

Na última quarta-feira (17), durante a gravação do “Jogo dos Pontinhos”, o apresentador se irritou com a cantora e a expulsou do estúdio. Segundo o colunista Flavio Ricco, Silvio não quer Mara mais neste quadro.

Foram várias “patadas” em sequência no quadro “O Dono do Trono”. “Arranja uma melancia e pendura no pescoço dela, Fabiano”, pediu Silvio. “O programa do Raul Gil tem jurados? Manda ela pra lá”, disse o apresentador. “O Ratinho tem jurado? Manda pra lá! Mais alguém tem jurado aqui no SBT”, quis saber Silvio. Fabiano soprou: “No programa da Eliana”. “Então, manda ela pra lá”, determinou Silvio.

Diante de um candidato, um menino de 7 anos, Mara elogiou: “Alex, eu me apaixonei por você.” Ao que Silvio, imediatamente, observou: “Aliás, você já tem essa mania de se apaixonar por pessoa mais jovem.” Em 2016, Mara anunciou estar noiva de um homem 21 anos mais jovem do que ela.

Silvio deu a entender que não pretende seguir apresentando “O Dono do Trono”, mas se apressou em dizer que Mara não terá chances na função. “Você acha que eu, com três filhas aqui na TV, vou dar chance pra você?”, perguntou para a cantora.

Dirigindo-se ao público, então, Silvio perguntou se suas colegas de auditório gostariam de ver Rebeca no comando do quadro. Poucas aplaudiram. “Rebeca, você não dá pra isso”, observou o pai, rindo. Perguntou, então, se elas queriam Silvia à frente de “O Dono do Trono”. Menos aplausos ainda. “Ih, Silvinha, você foi a pior”. Diante do nome de Patrícia, o auditório reagiu com aplausos e gritos.

Mara, então, se ofereceu para ser jurada do quadro quando Patrícia começar a apresentá-lo. “Eu, se fosse a Patrícia, não ia querer. Você vai querer aparecer mais que ela”, disse Silvio. “Já tá definido. Vai ser a Patrícia! Não adianta ficar de olho grande”.

Ao final, após tripudiar insistentemente de Mara, Silvio Santos mudou de ideia. “Se a Patrícia não quiser fazer, Mara, é com você. Fique tranquila, seu dia chegará”. “A verdade é que ele é apaixonado por mim”, resumiu Mara, com razão.

Jogo dos Pontinhos

Mara e Lívia participaram também do “Jogo dos Pontinhos” ao lado de Flor, Helen Ganzarolli, Nadja Haddad e Rafaella Viscardi. Na primeira pergunta, elas tiveram que responder sobre as qualidades de Nadja. Mara elogiou a “inteligência” da jornalista. “Além de bonita, ela é o que a realmente a gente precisa na TV brasileira: ela é inteligente”, disse. “Mas se a televisão brasileira precisa de gente inteligente, como você conseguiu entrar?”, perguntou Silvio.

Em outro momento, a provocação partiu de Lívia Andrade. Dirigindo-se a Mara, ela disse: “Ela é muito chata. E a galera do Twitter também acha. Acham ela talentosa, admiram a carreira que ela construiu, mas hoje está muito chata. Acho ela uma boa cantora. Achava uma boa apresentadora infantil. Eu era fã da Mara quando era criança. Mas hoje eu não gosto dela. Acho ela chata pra caramba.”

“Isso é muito sério. Em um programa de TV. Isso não é assédio sexual. É assédio moral”, provocou Silvio.

“Hoje em dia na internet uma pessoa vira mil. É o famoso fake. Em vez de ser feliz, fica perseguindo. Eu não preciso diminuir uma pessoa para eu sobressair. Eu sou Mara Maravilha. Sou feliz pelo que eu sou. A felicidade causa mais inveja que o dinheiro”, respondeu Mara.

“A felicidade causa mais inveja que o dinheiro… Isso são palavras que consolam. Só pobre fala isso. Rico não fala”, riu Silvio.

“O senhor sabe por que faz essas palhaçadas comigo? Porque o senhor me ama”, replicou Mara. “Uma coisa é o senhor brincar. Outra coisa é outra pessoa brincar. Não dou intimidade para outras pessoas ficarem tirando onda com a minha cara.”

“Ih, caramba, tá chamando pra briga. Mara, você está se portando de forma inconveniente. Tenha modos. Quanto mais eu rezo, mais assombração aparece neste programa”, concluiu Silvio.

Veja também
Silvio ignora demissão de Carlinhos e suspende Mara do “Jogo dos Pontinhos”
Mara chora e diz no “Fofocalizando”: “Eu sei que não sou homofóbica”

Comentários são sempre muito bem-vindos, mas o autor do blog publica apenas os que dizem respeito aos assuntos tratados nos textos.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Topo