Blog do Mauricio Stycer

“O Outro Lado do Paraíso” bateu um recorde de audiência inédito desde 2000

Mauricio Stycer

06/12/2017 05h01


A mudança de fase de “O Outro Lado do Paraíso”, ocorrida na última semana de novembro, estabeleceu um recorde de audiência sem precedentes na história recente das novelas das 21h da Globo.

A trama de Walcyr Carrasco havia registrado média de 27,5 pontos em São Paulo na última semana da primeira fase, entre 20 e 25 de novembro. Na semana seguinte, entre 27 de novembro e 2 de dezembro, a audiência média saltou para 36,1 pontos – um crescimento de 8,6 pontos.

Segundo os registros da Globo desde 2000, situação próxima nesta faixa de novelas ocorreu na semana de 3 a 8 de janeiro de 2005, quando “Senhora do Destino”, de Aguinaldo Silva, alcançou uma média superior em 7 pontos à anotada na semana anterior.

Este desempenho de “O Outro Lado do Paraíso” também é inédito no PNT (Painel Nacional de Televisão), que reúne a audiência de 15 grandes centros urbanos. O maior crescimento que se tem registro desde 2000, entre novelas desta faixa horária, ocorreu com “Páginas da Vida”, de Manoel Carlos, que deu um pulo de 7 pontos em sua última semana, entre 26 de fevereiro e 2 de março de 2007.

Dito isto, resta uma questão mais importante: o que explica este salto incrível da novela da Walcyr Carrasco? Parece claro que as primeiras cinco semanas não tiveram o impacto esperado. E a passagem do tempo, de 10 anos, ocorrida na sexta semana, ofereceu algo que os espectadores ansiavam. O quê?

Tenho algumas hipóteses: a história se tornou mais interessante e menos pesada, Clara começou a virar o jogo e a sofrer menos, a trama de Elizabeth/Duda avançou, houve a virada nos rumos de Raquel e Estela, novos personagens entraram em cena, Carrasco colocou uma pouco mais de humor em cena… Alguma outra ideia? Indique nos comentários, por favor.

Mais interessante ainda que a boa audiência do primeiro capítulo da nova fase (36,3 pontos em São Paulo), foi o fato de os números terem continuado a subir. Na terça (28) marcou 38,6, na quinta (30) bateu o recorde de 39 pontos e nesta última segunda (04) atingiu 38,7. São números que “A Força do Querer”, de Glória Perez, só atingiu em sua 16ª semana.

Estes números, se seguirem esta tendência, apontam para uma trajetória ainda melhor do que a da trama de Bibi Perigosa. A acompanhar.

Veja também
Guinada na novela é a chance de Walcyr corrigir os muitos erros da 1ª fase
Trama de O Outro Lado do Paraíso lembra filme americano; Globo nega plágio
Por que a saga de Clara na novela lembra tanto “O Conde de Monte Cristo”?

Comentários são sempre muito bem-vindos, mas o autor do blog publica apenas os que dizem respeito aos assuntos tratados nos textos.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Topo