Blog do Mauricio Stycer

Após protestos, enfermeira terá participação maior na série “Sob Pressão”

Mauricio Stycer

28/08/2017 15h00


Um debate realizado na última semana na Faculdade de Saúde Pública da USP, em São Paulo, tornou público um problema que aflige os realizadores de “Sob Pressão”. Diferentes categorias do sistema de saúde, em especial os enfermeiros, estão insatisfeitos com a forma como a série da Globo está retratando a realidade de um hospital público.

Há apenas uma enfermeira em “Sob Pressão”, Jaqueline (Heloisa Jorge), mas o seu papel é bem reduzido na história. No debate, um dos roteiristas da série, Marcio Alemão, revelou que o personagem Décio (Bruno Garcia) também seria um enfermeiro, mas ganhou tantas atribuições na história que o consultor Marcio Maranhão observou que o seu perfil era de médico – o que ele acabou virando.

“As queixas são absolutamente válidas”, disse Alemão no debate, depois de ouvir depoimentos de profissionais da saúde. “Na segunda temporada, a Jaqueline terá mais destaque”, prometeu.

Maranhão, que é medico e autor do livro que inspirou a criação de “Sob Pressão”, criticou o tom corporativo das reclamações. “Isso reduz. A série traz uma discussão acima da necessidade de retratar todas as categorias profissionais. É uma discussão sobre o modelo de saúde que temos e o que queremos”.

Além da crítica de que a série é centrada basicamente nos médicos, os participantes do debate também ouviram reclamações sobre a falta de outros profissionais da área no hospital de “Sob Pressão”, de psicólogos a terapeutas ocupacionais.

O encontro na USP reuniu também os roteiristas de “Unidade Básica”, série exibida pelo canal pago Universal em 2016. Em oito episódios, protagonizado por Caco Ciocler e Ana Petta, o drama também foi criticado por minimizar a atuação de outros profissionais além dos médicos. Beth (Carlota Joaquina) é uma enfermeira que virou gerente da UBS.

Assim como seu colega de “Sob Pressão”, o roteirista Newton Canitto prometeu que o papel da enfermeira vai crescer na segunda temporada de “Unidade Básica”, prevista para 2018. “É inédito o SUS ser tratado em duas séries de TV”, festejou a médica Helena Petta, coroteirista da série. “Mas uma série é sempre um recorte da realidade”, justificou.

Pesquisa inédita

Num sinal que vislumbra longa carreira para “Sob Pressão”, a Globo decidiu fazer uma pesquisa qualitativa com espectadores de diferentes cidades do Brasil. Trata-se de um procedimento realizado normalmente com as novelas da emissora, mas muito incomum com séries.

Com vistas à segunda temporada, já encomendada, a pesquisa buscará aprender mais sobre o resultado da série e compreender melhor a relação do público com o tema e os personagens.

Veja também
“MacGyver do SUS” é a aposta da Globo em Sob Pressão, série médica realista
Drama médico ‘Sob Pressão’ é melhor série exibida pela Globo em 2017

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Topo