Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Vencedora do The Bachelor diz que reality foi “mentira” e processa a RedeTV!

Mauricio Stycer

31/07/2017 12h15

O apresentador Fabio Arruda, a vencedora Aane Doux e o "bachelor" Gianluca Perino

Encerrada em fevereiro de 2015, a primeira edição do "The Bachelor Brasil" segue causando discussão na Justiça. A vencedora do programa, a modelo Aane Doux, está processando a RedeTV!, a quem acusa de não ter cumprido o contrato. Ela também afirma que o solteirão escolhido para protagonizar o reality, o italiano Gianluca Perino, tinha namorada na época.

Na última sexta-feira (28), Aane publicou em seu perfil no Instagram uma foto do último dia do programa, na qual aparece beijando Perino. Ao lado, escreveu: "Venho através das redes sociais avisar você que tudo não passou de uma mentira (RedeTV!). Nunca tive nada com a pessoa que estava atrás de uma namorada. RedeTV! me enganou e me passou para trás . Meu contrato nunca tive".

Em contato com o UOL, Aane disse que o contrato previa que a vencedora seria contratada por um ano para ser apresentadora ou repórter da emissora. "Foi uma falsa promessa de emprego", diz. "Cobrei deles e me colocaram como assistente de palco do 'Você na TV'."

Ainda segundo Anne, suas participações no extinto programa de João Kleber eram remuneradas como "colaborações" – R$ 250,00 por cada aparição. Depois de alguma insistência, diz ela, a emissora apresentou um contrato que previa remuneração mensal de R$ 1.200, que ela se recusou a assinar.

A modelo conta que as participantes do "The Bachelor" ganhavam R$ 500,00 por semana, com um adicional de R$ 50 quando apareciam em alguma ação de merchandising.

Encerrado o reality, Aane e Perino posaram como namorados por quatro meses (imagem à esq.). Em maio de 2015, a modelo veio a público informar que o romance havia terminado. "Era tudo mentira. Ele tinha uma namorada, que ia junto com ele nas gravações do reality.. Eu e ele nunca tivemos nada. Nós sabemos disso."

Ela explica a razão de anunciar a "separação": "Ele podia ter vida e eu não? Vou me separar para ter a minha vida de volta. Se não, eu estaria vivendo de mentira até hoje. Cansei de viver de ilusão."

Questionada a respeito, a RedeTV! afirmou que "não comenta processos judiciais em andamento". Sobre a informação de que Perino tinha namorada, a emissora diz: "Ele próprio negou quando de sua contratação, mesmo porque a condição de solteiro era necessária para a participação no programa."

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.