PUBLICIDADE
Topo

Silvio Santos veta nova ida de Dudu Camargo ao Pânico, revela diretor

Mauricio Stycer

01/07/2017 20h26


Uma semana depois de se esbaldar no "Pânico", Dudu Camargo era aguardado para mais uma participação neste domingo (02). Como revelou o colunista Flavio Ricco na última quinta (29), o apresentador do SBT iria participar da "banheira do Dudu", um quadro que dispensa explicações. Mas Silvio Santos vetou a participação do pupilo, diz Marcelo Nascimento, diretor do "Pânico".

Em texto enviado ao blog (veja a íntegra abaixo), Nascimento confirmou que Dudu era aguardado para a sua quarta participação no programa. "Em todas as vezes que participou, o garoto sempre teve um green card do mestre Silvio. Desta vez, Silvio, optou por recolher a pipa", contou.

Na visão do diretor do "Pânico", o apresentador do "Primeiro Impacto" é "uma das boas novidades que a TV nos trouxe nos últimos anos". Nascimento conta, ainda, que guarda material inédito da última participação de Dudu no programa, quando fez strip-tease e se divertiu em duas festas picantes.

Dudu também iria ser visto neste domingo, pela manhã, no "Domingo Legal", de Celso Portiolli, mas a sua ida foi cancelada depois que ele gravou uma segunda participação no "Programa Silvio Santos" ao lado de Maisa Silva no Jogo dos Pontinhos.

Posteriormente, o dono do SBT também cancelou esta nova gravação com Dudu por conta do constrangimento causado a Maísa. A menina abandonou o estúdio pelo meio, chorando.

"Dudu é um artista fora da caixinha", diz diretor do "Pânico

"O apresentador Dudu Camargo é uma das boas novidades que a TV nos trouxe nos últimos anos. É um garoto, eu sei. No entanto é um artista por excelência. Pode ser jovem, imaturo, mas não podemos negar que é alguém que chama atenção. Que se apresenta fora da curva, fora da caixinha, que tem a capacidade de divertir e entreter.

O 'Pânico' enxergou nele algo autêntico. Então, chamamos primeiramente pra participar de uma trollagem com o Digão da banda Raimundos. Ele não sabia de nada. Rendeu altas risadas. Na segunda, participou de um webbulling com o Mauricio Meirelles. Foi sucesso de novo e ainda nos revelou que o Silvio Santos tem um fornecedor exclusivo de mousse.

Na terceira e última oportunidade, quebrou a internet. A ideia inicial era consolar nosso querido Dudu por ter tomado um toco em pleno ar da menina Maisa. Por que perderíamos a oportunidade de sair pra zoar com nosso amigão, âncora de jornalismo no canal vizinho? E lá se foram momentos maravilhosos com ele. Vamos guardar pra sempre em segredo o que sobrou de making of deste encontro. O que acontece no 'Pânico', fica no 'Pânico'.

Se a pergunta é: Dudu viria ao palco no domingo para mais uma aventura? Sim!

Em todas as vezes que participou, o garoto sempre teve um green card do mestre Silvio. Desta vez, Silvio, optou por recolher a pipa. O menino deve partir pra outros cenários e holofotes.

Pra nós vai ficar a sensação de que poderíamos ter nos divertido mais um pouquinho. E a certeza boa de que o pupilo do Silvio Santos teve alguns dias divertidos com a galera de TV do fundão da sala."

Veja também
Silvio reúne Maisa e Dudu novamente, mas atriz chora e abandona gravação
Sinceridade de Maísa é a melhor defesa para as trollagens de Silvio Santos
Em momento de superexposição, Dudu Camargo visita quinto programa em 6 dias

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

Mauricio Stycer