Topo

Rock Story “corrige” trama polêmica e condena falsa acusação de agressão

Mauricio Stycer

23/05/2017 05h01


Durou apenas quatro capítulos uma trama que incomodou o público feminino de "Rock Story", a novela das 19h30 da Globo. Na última quarta-feira (17), orientada pelo vilão Lázaro (João Vicente de Castro), Mariane (Ana Cecília Costa) simulou uma situação para acusar falsamente Gui (Vladimir Brichta) de agressão.

Ela não foi à polícia, mas gravou um vídeo e o divulgou na internet. Apesar de Gui negar a agressão, Zac (Nicolas Prattes) ficou transtornado, em dúvida se acreditava no pai ou na mãe. O escândalo também causou prejuízos para a banda 4.4, que viu um show ser cancelado por conta dos acontecimentos.

Depois de alguns dias, Mariane se arrependeu. Convidada a dar um depoimento contra Gui em um programa de fofocas, ela surpreendeu o apresentador, Cassiano Junior (Caíke Luna), e confessou ter inventado toda a história da agressão, em cena exibida no capítulo desta segunda-feira (22).

Mariane fez um mea culpa, mas Maria Helena Nascimento, autora da novela, preferiu deixar para Diana (Alinne Moraes) o discurso de condenação de tudo o que ocorreu.

Irritada com a perda da guarda da filha para Gui, Diana havia concordado com o plano de Lázaro. Mas também se arrependeu. "Foi por uma boa causa, foi pra trazer a Chiara de volta pra você. Você não tá pensando direito", disse Lázaro.

"Não, eu pensei direito, sim. O que a gente fez com o Gui foi muito pior do que ele fez comigo. Tá prejudicando muito mais gente. Agora, qualquer mulher que sofra uma violência vai ser comparada à Mariane. Vai ser tratada como se fosse uma mentirosa. Eu não quero a minha filha a esse preço", discursou Diana.

Curiosamente, em "A Força do Querer" em breve ocorrerá uma situação semelhante. Cibele (Bruna Linzmeyer) vai ter uma discussão com o ex-noivo Ruy (Fiuk), e depois irá a uma delegacia, onde mentirá sobre o episódio, dizendo que foi agredida.

Estas duas situações estão indo ao ar pouco tempo depois de três notícias com muita repercussão sobre acusação de agressão ou assédio a mulheres – o indiciamento do cantor Victor Chaves, a expulsão do médico Marcos Harter do "BBB17" e a suspensão do ator José Mayer.

O texto falado pela personagem Diana no capítulo desta segunda de "Rock Story" pareceu ter destino certo.


Veja também

Em duas novelas, mulheres acusam falsamente ex-namorados de agressão

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

Mauricio Stycer