Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Novo “fora Temer” ao vivo leva TV Brasil a checar perfil de entrevistados

Mauricio Stycer

15/03/2017 11h12

Uma entrevista sobre o Dia Internacional da Mulher, na última quarta-feira (8), terminou de maneira inesperada no estúdio da TV Brasil em São Paulo (vídeo acima).

Convidada pela apresentadora Márcia Dutra, do programa “Repórter São Paulo”, a convocar os espectadores a participarem da Marcha das Mulheres, a historiadora Maria Fernanda Marcelino disse: “Nós vamos marchar pelo centro e vamos gritar também ‘fora Temer’.”

Feito de forma sóbria, no mesmo tom em que discorreu sobre a importância da marcha, o protesto da historiadora não chamou muito a atenção. O vídeo com a entrevista foi, democraticamente, mantido no site da TV Brasil.

Durante a conversa, a apresentadora Márcia Dutra havia elogiado a relevância do assunto e disse: “Conte sempre com a gente aqui. Nós somos uma TV pública. Eu interpreto isso como uma obrigação”. E Maria Fernanda observou “Uma das poucas que eu consigo assistir”. “Fico feliz de ouvir isso. Essa é a nossa missão”, respondeu Márcia.

Após a publicação deste texto, o blog foi informado, por uma pessoa que trabalha na TV Brasil em São Paulo, que o protesto teve repercussão interna. Segundo o seu relato, após a entrevista ter ido ao ar, foi feita uma recomendação para jornalistas e produtores no sentido de checarem o perfil de futuros entrevistados nas redes sociais antes de convidá-los para entrevistas. Ainda segundo o relato, o pedido foi feito oralmente.

Questionada se a EBC (Empresa Brasil de Comunicação) estava a par desta recomendação, a assessoria informou em nota que orienta os seus funcionários a evitarem “militância político-partidária de qualquer natureza”. Abaixo a íntegra:

“O ‘Repórter SP’, assim como os demais programas informativos da TV Brasil, é um espaço reservado ao exercício do jornalismo profissional, com prestação de serviços e noticiário plural. A TV pública não se destina à militância político-partidária de qualquer natureza. É esta a orientação reafirmada, diariamente, a todos os trabalhadores que compõem a equipe EBC.”

Este não é o primeiro protesto contra o presidente Michel Temer exibido ao vivo pela TV do governo. Em janeiro, durante a transmissão de Brasil e Colômbia, a emissora mostrou na tela a mensagem de um espectador sobre o jogo acrescida de um “fora Temer”.

Atualizado às 18h40: Este texto foi publicado às 11h12 com o título TV Brasil volta a transmitir um “fora Temer” ao vivo, e alterado no início da noite com as informações sobre a repercussão da exibição da entrevista.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.