Blog do Mauricio Stycer

Novo “fora Temer” ao vivo leva TV Brasil a checar perfil de entrevistados

Mauricio Stycer

15/03/2017 11h12

Uma entrevista sobre o Dia Internacional da Mulher, na última quarta-feira (8), terminou de maneira inesperada no estúdio da TV Brasil em São Paulo (vídeo acima).

Convidada pela apresentadora Márcia Dutra, do programa “Repórter São Paulo”, a convocar os espectadores a participarem da Marcha das Mulheres, a historiadora Maria Fernanda Marcelino disse: “Nós vamos marchar pelo centro e vamos gritar também ‘fora Temer’.”

Feito de forma sóbria, no mesmo tom em que discorreu sobre a importância da marcha, o protesto da historiadora não chamou muito a atenção. O vídeo com a entrevista foi, democraticamente, mantido no site da TV Brasil.

Durante a conversa, a apresentadora Márcia Dutra havia elogiado a relevância do assunto e disse: “Conte sempre com a gente aqui. Nós somos uma TV pública. Eu interpreto isso como uma obrigação”. E Maria Fernanda observou “Uma das poucas que eu consigo assistir”. “Fico feliz de ouvir isso. Essa é a nossa missão”, respondeu Márcia.

Após a publicação deste texto, o blog foi informado, por uma pessoa que trabalha na TV Brasil em São Paulo, que o protesto teve repercussão interna. Segundo o seu relato, após a entrevista ter ido ao ar, foi feita uma recomendação para jornalistas e produtores no sentido de checarem o perfil de futuros entrevistados nas redes sociais antes de convidá-los para entrevistas. Ainda segundo o relato, o pedido foi feito oralmente.

Questionada se a EBC (Empresa Brasil de Comunicação) estava a par desta recomendação, a assessoria informou em nota que orienta os seus funcionários a evitarem “militância político-partidária de qualquer natureza”. Abaixo a íntegra:

“O ‘Repórter SP’, assim como os demais programas informativos da TV Brasil, é um espaço reservado ao exercício do jornalismo profissional, com prestação de serviços e noticiário plural. A TV pública não se destina à militância político-partidária de qualquer natureza. É esta a orientação reafirmada, diariamente, a todos os trabalhadores que compõem a equipe EBC.”

Este não é o primeiro protesto contra o presidente Michel Temer exibido ao vivo pela TV do governo. Em janeiro, durante a transmissão de Brasil e Colômbia, a emissora mostrou na tela a mensagem de um espectador sobre o jogo acrescida de um “fora Temer”.

Atualizado às 18h40: Este texto foi publicado às 11h12 com o título TV Brasil volta a transmitir um “fora Temer” ao vivo, e alterado no início da noite com as informações sobre a repercussão da exibição da entrevista.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Topo