Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Após armar matéria com atores, produtor de Dudu Camargo é dispensado do SBT

Mauricio Stycer

07/03/2017 21h20

Contratado há duas semanas para auxiliar o programa “Primeiro Impacto”, apresentado por Dudu Camargo, o produtor Cristian Gomes gerou uma crise no departamento de jornalismo do SBT. Uma reportagem que ele produziu, registrando um flagrante de adultério, foi realizada com a participação de atores contratados. Gomes foi dispensado do serviço nesta terça-feira (7).

A matéria, editada pelo próprio Gomes, levantou suspeitas dentro da emissora. Uma consulta às imagens brutas, antes da edição, deixou claro que toda a situação documentada era falsa, criada.

Procurado pelo blog, Gomes afirmou que a sua intenção era mostrar, com a ajuda de figurantes contratados, como é o cotidiano de uma detetive particular. Ele garante que a reportagem informaria aos espectadores que se tratava de uma simulação.

Ainda segundo Gomes, a sua dispensa será revertida. “Já chegou ao conhecimento do Silvio e me falaram para eu ficar tranqüilo”, disse. “Estou desenvolvendo ideias para o ‘Primeiro Impacto’ com o aval do Silvio”, acrescentou.

Gomes me disse, ainda, que já havia apresentado outras ideias de reportagens e quadros que envolviam atores, mas ouviu dos seus chefes, no jornalismo, que não poderia fazer isso.

Gomes foi produtor executivo da RedeTV! e também trabalhou como animador de auditório na produtora de Gugu Liberato, a GGP, antes de ser contratado pelo SBT. Segundo o relato do colunista Flavio Ricco, ele esteve pessoalmente com Silvio Santos na Flórida, em fevereiro, onde apresentou ideias, e voltou de lá contratado.

Aos 18 anos, o inexperiente Dudu Camargo é uma das estrelas do jornalismo do SBT. Desde o ano passado, ele tem apresentado telejornais da emissora.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.