Blog do Mauricio Stycer

Cinco provas de que o Carnaval na TV pode ser muito sem noção

Mauricio Stycer

27/02/2017 04h21

É muito Carnaval na TV – e tem para todo gosto. Ao longo da noite de domingo (26) e da madrugada desta segunda-feira (27), cinco emissoras exibiam atrações diferentes ao mesmo tempo. O cardápio ia do grupo especial no Rio (Globo) ao grupo de acesso em São Paulo (TV Brasil), passando por diferentes circuitos de Salvador (Band e SBT) e pelos bastidores de todos eles (RedeTV!).

Pulando de um canal para o outro, sempre há boas chances de encontrar alguma coisa divertida para ver. Mas o contrário também pode acontecer. Em meio a tanto Carnaval na TV, é igualmente fácil trombar com erros, vacilos e gente chata falando sem parar.

Abaixo, cinco momentos muito sem noção de uma noite de Carnaval na televisão:

A modesta Susana Vieira fala do seu “talento absurdo”

Susana Vieira tem o hábito de dar entrevistas excelentes, repletas de sinceridade. Em tempos de Carnaval, então, a atriz é um espetáculo ambulante. Destaque da Grande Rio, que este ano homenageou Ivete Sangalo, ela estava impossível. Provocada pela repórter Monica Sanches, da Globo, sobre suas semelhanças com a cantora, Susana começou a responder com um “modéstia à parte” e mandou: “Passam-se os anos e a gente continua. Ela com aquela voz fantástica e eu com meu talento absurdo”.


O desentrosamento de Fátima Bernardes e Alex Escobar


Na sua primeira noite como narrador do desfile do grupo especial, substituindo Luiz Roberto, Alex Escobar pareceu pouco à vontade, em especial na interação com Fátima Bernardes. Com problemas técnicos no estúdio da emissora, microfones falhando a todo momento e sem saber direito onde se posicionar, o narrador também se atrapalhou ao arriscar alguns passos de samba. Num momento cômico, Escobar e Fátima se deram conta que os dois estavam oferecendo microfones para Ivete Sangalo e os retiraram ao mesmo tempo, deixando a cantora sem nenhum. A dupla também se atrapalhou ao ver Xuxa na tela da emissora e “esqueceu” Paloma Bernardi num canto do estúdio.

Agnaldo Timóteo: “Não é Daniela Mercury; é Daniel”

Um debate sobre casamento gay protagonizado por Agnaldo Timóteo e Leo Aquila. Parece pauta do “Superpop”, mas foi, acredite se quiser, do “Bastidores do Carnaval”. Buscando provocar polêmica a qualquer custo, o programa comandado por Nelson Rubens abriu o microfone para o cantor reproduzir preconceitos, como ao falar da cantora Daniela Mercury (veja no vídeo acima): “Não é Daniela, é Daniel. Se ela falou: tô apresentando minha mulher…” Lamentável.


Sofrência e música sertaneja em cima do trio elétrico


Tudo bem que no Carnaval vale tudo. Mas ter que ouvir música sertaneja durante um desfile de trio elétrico em Salvador é um pouco demais. Saudados por Betinho e Ligia Mendes, Matheus e Kauan se esbaldaram durante a transmissão da Band Folia. Cantaram, deram entrevista, promoveram o novo DVD e festejaram a estreia na terra do axé: “Esse ano aqui foi só pra sentir. Ano que em a gente volta”, prometeram.


Enquanto desfila no Rio, Ivete canta no SBT


O investimento do SBT na sua transmissão de Carnaval pode ser medido pelo horário em que o programa começou neste domingo: à 1h10 da manhã de segunda-feira. E, para piorar, o primeiro destaque da noite foi uma das passagens de Ivete Sangalo pelo circuito de trios elétricos de Salvador. Era, claro, uma reprise. Na mesma hora, a cantora baiana percorria o Sambódromo carioca, como homenageada da Grande Rio. A emissora ficou com o troféu de programação menos inspirada da noite.

Veja também
Cinco provas de que Chico Pinheiro nasceu para narrar desfile de Carnaval
Cinco provas de que o Carnaval da RedeTV! é de outro planeta

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Topo