Blog do Mauricio Stycer

"JN" tem duração 50% maior em edição especial sobre a morte de Fidel

Mauricio Stycer

27/11/2016 16h34

jnlarissaschmidt
A Globo mostrou flexibilidade e atrasou toda a grade noturna do seu sábado (26) por conta da cobertura da morte do líder cubano Fidel Castro. O “Jornal Nacional” teve peso e duração de edição especial — 60 minutos, 50% acima da média dos sábados, que é de 40 minutos.

Nos últimos cinco meses, apenas em um sábado, no dia 20 de agosto, o telejornal teve duração maior. Naquele dia, véspera do fim da Rio 2016 e do ouro no futebol masculino, o JN ficou no ar por 95 minutos com uma cobertura especial sobre os Jogos Olímpicos.

Nem na véspera do primeiro turno das eleições municipais, em 1º de outubro, o “JN” teve duração tão longa quanto neste sábado dedicado à morte de Castro.

A extensa cobertura me pareceu bastante equilibrada e pluralista, abordando as mais variadas questões e as diferentes opiniões sobre o líder cubano e o seu legado. Além do apoio de repórteres em Miami, Nova York, Roma e Paris, o “JN” teve como diferencial o relato de uma repórter da emissora, Larissa Schmidt, direto de Havana, onde estava de férias.

O principal telejornal concorrente da Globo, o “Jornal da Record”, teve duração de 32 minutos, o tempo habitual aos sábados. O “RedeTV! News” também não alterou especialmente o seu tempo neste sábado, com 39 minutos. Band e SBT não colocam em seus sites a versão integral de seus principais telejornais, “Jornal da Band” e “SBT Brasil”.

Audiência (atualizado em 28/11): Com 23,2 pontos, o “JN” foi a segunda maior audiência na TV aberta em São Paulo no sábado (26), atrás apenas de “A Lei do Amor”, que registrou 23,6 pontos.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Topo