Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Porchat lamenta estar na Record na primeira chamada de seu novo programa

Mauricio Stycer

20/07/2016 21h35

Na primeira chamada do "Programa do Porchat", divulgada na noite desta quarta-feira (20) em um intervalo da novela "A Terra Prometida", o comediante fez piada com o fato de o seu talk show ir ao ar na Record.

O vídeo de 45 segundos mostra Fabio Porchat chegando para uma reunião, na qual está sendo discutida a estratégia de divulgação no novo programa. Ele, então, sugere programar participações no "Domingão do Faustão", no "Mais Você", no "Video Show" e no "Jornal Nacional". Alertado que o talk show é na Record, ele diz: "Não fala nem brincando isso". E abaixa a cabeça em sinal de desalento.

Em junho, em entrevista ao UOL Vê TV, Porchat falou que estava tendo liberdade total na Record, incluindo, até, a realização das chamadas do seu novo programa. O talk show tem estreia prevista para 22 de agosto e irá ao ar de segunda a quinta.

Na entrevista, ele reconhece que enfrentará dificuldades com o elenco de convidados, uma vez que a Globo veta os seus contratados, mas tem esperanças de que a situação mude. Também comenta sobre as restrições para falar de religião na emissora, da busca desenfreada pela audiência e promete lutar por qualidade no talk show.

rafaelcortezgeladeira1 (1)Não é a primeira vez que a Record exibe chamadas irônicas em relação à própria emissora. Em 2014, promovendo a estreia do programa "Got Talent Brasil", foi ao ar um vídeo que mostrava o apresentador Rafael Cortez saindo literalmente de uma geladeira para comandar a nova atração. "A gente tirou você da geladeira para esquentar os nossos corações", dizia a narração.

No ano seguinte, antes da estreia de Xuxa, a Record veiculou uma chamada em que a apresentadora se dizia desempregada em busca de trabalho. Saber rir de si mesmo é uma qualidade essencial.

Abaixo, a entrevista de Porchat ao UOL Vê TV:


Veja também

"Monopólio atrapalha; não poder convidar artistas da Globo é uma limitação"

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.