Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Estreia de "Eta Mundo Bom" provoca “efeito-cascata” e novelas batem recorde

Mauricio Stycer

19/01/2016 11h56

EtamundobomcandinhoA surpreendente audiência de "Eta Mundo Bom", a maior de uma estreia de novela das 18h30 da Globo desde 2010, com 26 pontos em São Paulo, provocou um "efeito-cascata" que afetou toda a programação noturna da emissora. "Totalmente Demais", com 29 pontos, e "A Regra do Jogo", com 33, bateram seus recordes nesta segunda-feira (18). Cada ponto no Ibope em São Paulo equivale a 69,4 mil residências.

Até o "SPTV", exibido na sequência de "Eta Mundo Bom", se beneficiou. Com 27 pontos, o noticiário registrou a melhor audiência desde setembro de 2015.

A estreia da novela de Walcyr Carrasco igualou a audiência das estreias de "Araguaia" e "Escrito nas Estrelas", ambas de 2010. Todas as dez novelas seguintes das 18h30 estrearam com números inferiores.

No Rio, igualmente, "Eta Mundo Bom" impulsionou toda a programação da emissora. A novela das 18h30 registrou média de 29 pontos. Já "Totalmente Demais" marcou 32 e "A Regra do Jogo", 38. Cada ponto no Rio equivale a 43,3 mil residências.

Veja a audiência de estreia em São Paulo das últimas novelas das 18h:
"Além do Tempo" – 21 pontos
"Sete Vidas" – 20
"Meu Pedacinho de Chão" – 19
"Boogie Oogie" – 20
"Joia Rara" – 21
"Flor do Caribe" – 18
"Lado a Lado" – 18
"Amor Eterno Amor" – 23
"A Vida da Gente" – 23
"Cordel Encantado" – 24
"Araguaia" – 26
"Escrito nas Estrelas" – 26

Veja também
"Candinho não é um protagonista cômico. Ele é o mocinho", diz Sergio Guizé
Globo não reconhece o erro, mas muda a logomarca de "Eta Mundo Bom"
"Êta Mundo Bom!" estreia com trilha caipira e filtro de Instagram

O blog está no Twitter e no Facebook.

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.