PUBLICIDADE
Topo

Receba os novos posts desta coluna no seu e-mail

Email inválido
Seu cadastro foi concluído!
reinaldo-azevedo

Reinaldo Azevedo

mauricio-stycer

Mauricio Stycer

josias-de-souza

Josias de Souza

jamil-chade

Jamil Chade

Mauricio Stycer

Rei da antipropaganda, Silvio diz que não vê a principal novela do SBT

Mauricio Stycer

31/08/2015 16h22

silviosantoslarissanetflixSilvio Santos recebeu seis atores-mirins do elenco de "Cúmplices de um Resgate" para participar do quadro "Não Erre a Letra", exibido neste domingo (30). Dois dias antes, o SBT divulgou vários trechos divertidos da conversa do apresentador com as crianças. Um diálogo, porém, não foi promovido.

Deu-se no final, quando Silvio premiou Larissa Manoela, de 14 anos, a protagonista da novela, por ter vencido as outras crianças. Brincando, como sempre, enquanto contava o dinheiro, ele disse:

Silvio: Faz dois papeis na novela, mas ganha um ordenado só. Não pensa que vai receber dois salários, não. Você faz dois papéis, né?
Larissa: É. Trabalho dobrado.
Silvio: Não próxima novela você vai ganhar metade do que ganha.
Larissa: Poxa vida.
Silvio: Claro! Você faz dois papéis nessa novela e ganha um salário. Na próxima novela vai fazer um papel só e ganhar meio salário.
Larissa: Você está assistindo, Silvio?
Silvio: Eu? Não.
Larissa: Não?
Silvio: Eu não. Assistir novela? Eu assisto filme. Tô assistindo um filme no Netflix chamado… aquele navio que afundou…
Larissa: "Titanic".
Silvio: "Titanic". Aliás, o filme está dizendo que o navio afundou porque era para ser feito com dois cascos e eles fizeram com um casco só, para economizar. E o navio se ferrou.

Na última vez que fez propaganda da Netflix, Silvio ganhou de Reed Hastings, CEO da empresa, uma assinatura vitalícia do serviço de streaming (veja aqui). Não faço ideia do que vai ganhar agora. Mas imagino a tristeza do departamento de marketing do SBT com essa antipropaganda que fez de "Cúmplices de um Resgate", novela adaptada por sua própria mulher, Íris Abravanel.

Veja também
Silvio Santos elogia Larissa Manoela: "Continue no SBT ou a Globo te rouba"
"Não vejo televisão, só vejo cinema", diz Silvio Santos; Netflix responde
"Cúmplices de um Resgate" tem melhor início de novela no SBT em 13 anos

O blog está no Twitter e no Facebook.

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.