Blog do Mauricio Stycer

Globo cancela Sessão da Tarde por cobertura da morte de Cristiano Araujo

Mauricio Stycer

24/06/2015 15h47

cristianoaraujoglobo

Com uma grade cada vez mais flexível e atenta às oportunidades de audiência, a Globo cancelou nesta quarta-feira (24) a exibição do filme “Cupido – A Magia do Amor”, para manter no ar a cobertura ao vivo sobre a morte do cantor Cristiano Araujo.

Usando como âncora o “Vídeo Show”, que agora é a vivo, a emissora explorou o assunto sem interrupção. Deixando a preocupação com a qualidade de lado, Otaviano Costa e Monica Iozzi fizeram inúmeras entrevistas com músicos e amigos de Araujo via Skype.

Costa justificou a decisão de mudar a programação pelo fato de que “a comoção é muito grande”. Por outro lado, o apresentador reconheceu que parte do público, inclusive ele, não sabia quem era o cantor sertanejo.

Fátima Bernardes entrou ao vivo para se desculpar por, mais cedo, em seu programa, ter chamado o músico de “Cristiano Ronaldo”. Sandra Annemberg, âncora do jornal “Hoje”, também participou do esforço de cobertura, convocando repórteres e fazendo entrevistas.

A emissora, ainda, revirou o seu arquivo para mostrar passagens do músico por diferentes programas. A programação normal foi retomada às 16h40, para exibir “O Rei do Gado”.

Cristiano Araujo morreu na manhã desta quarta-feira em um acidente de carro, aos 29 anos. O disco mais recente do cantor, “In the Cities”, foi lançado pela gravadora Som Livre, do grupo Globo.

A emissora, claro, não ficou sozinha na exploração do caso. Com exceção do SBT e da Cultura, todas os canais de TV aberta, em São Paulo, dedicaram suas programações vespertinas à cobertura da morte do cantor.

Veja também
Cantor sertanejo Cristiano Araújo morre em acidente de carro aos 29 anos
Fátima Bernardes se desculpa por errar nome de Cristiano Araújo

O blog está no Twitter, Facebook e Google+.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Topo