Blog do Mauricio Stycer

Dos melhores do ano, Os Experientes merecia mais episódios e horário nobre

Mauricio Stycer

02/05/2015 00h15

osexperientesjoanaselmaExibido o último episódio, não é exagero dizer que “Os Experientes” se habilita a entrar na lista dos melhores programas de 2015. Produto da O2, de Fernando Meirelles, a série contou quatro histórias independentes ligadas pelo tema do envelhecimento.

osexperientesjucaCom roteiro de Antonio Prata (o primeiro) e de Marcio Alemão Delgado (os outros três) e direção dividida entre Meirelles e o filho Quico, “Os Experientes” abriu espaço para um timaço de atores veteranos brilharem.

De Beatriz Segall a Juca de Oliveira, passando por Selma Egrei, Joana Fomm, Otavio Augusto, Lima Duarte, Othon Bastos, entre outros, a série ofereceu espaço para variados solos dramáticos de atores que hoje, de uma maneira geral, só conseguem espaço como coadjuvante em novelas.

OsExperientesWilsondasNevesO episódio “Os Atravessadores do Samba” ousou ainda mais, ao escalar os veteranos músicos Germano Mathias, Wilson das Neves e Zé Maria e o jornalista Goulart de Andrade como protagonistas. A falta de traquejo como atores foi compensada pela comovente entrega dos intérpretes.

A rigor, foram quatro especiais, cada um contando uma história original, sempre em tom agridoce, tratando de pequenos dramas com pitadas de humor e auto-ironia. Como escrevi a respeito da estreia, é muito raro ver na TV aberta tão boa combinação de direção, edição, texto, trilha sonora e elenco, tudo funcionando muito bem para contar histórias emocionantes, sem ser piegas.

osexperientesbeatrizsegall2

O quarto capítulo, talvez o mais bonito e forte, ao apresentar um romance entre duas mulheres mais velhas, propôs algumas ligações entre os personagens que apareceram ao longo de toda a série. As personagens de Selma Egrei e Joana Fomm assistiram ao espetáculo de samba protagonizado pelos artistas do segundo episódio. O gerente de banco do primeiro capítulo, vivido por Eucir de Souza, era o filho da personagem de Egrei e o advogado do terceiro episódio, interpretado por Othon Bastos, era amigo da família.

O que estranho em relação a “Os Experientes” foi a hesitação da Globo em lançar o programa. Consta que estava pronto há pelo menos um ano. Segundo Roberto Irineu Marinho, presidente do Grupo Globo, em entrevista ao “Valor”, a série teria sido gravada há três anos e “estava na prateleira”.

O programa foi ao ar naquele que é considerado o pior horário da linha de shows da emissora – sextas-feiras, depois do “Globo Repórter”. Obteve audiência razoável, entre 12,7 pontos (na estreia) e 11,8 (no último dia 24).

“Os Experientes” merecia não apenas duração maior como um horário melhor na grade. Quem sabe a emissora não encomenda uma segunda temporada.

Veja também
“Os Experientes” dá espaço para atores veteranos e emociona sem ser piegas
Com atores da terceira idade, “Os Experientes” estreia dia 10 de abril
Série “Os Experientes” tira das sombras e dá foco a veteranos
“O público só não aceita quando faço papel de pobre”, diz Beatriz Segall

O blog está no Twitter, Facebook e Google+.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Topo