Blog do Mauricio Stycer

Troféu Sinceridade: “Se eu fizer baixaria, ganho do Gugu”, ameaça Ratinho

Mauricio Stycer

02/03/2015 13h12

RatinhoPanico
O “Pânico” marcou um golaço neste domingo (01) ao entrevistar, ainda que brevemente, Gugu Liberato e Carlos Massa, o Ratinho, protagonistas de uma estridente disputa pela audiência na última quarta-feira (25). O apresentador da Record, que estreava naquela noite, levou enorme vantagem, vencendo não apenas o rival do SBT como também a Globo em parte da noite.

Rodrigo Scarpa (o Repórter Vesgo) e Eros Prado (o Inconveniente) fizeram as entrevistas, fantasiados de Gugu e Ratinho, respectivamente. A conversa com o apresentador do SBT foi a mais interessante.

“Não foi você que ganhou”, disse Ratinho, dirigindo-se a Vesgo. “Foi a Richtofen. Se eu tivesse ganhado, seria a Dona Florinda”, observou, referindo-se às entrevistas que os dois exibiram naquela noite — Gugu fez uma exclusiva, exibida em duas partes, na quarta e quinta-feira, com Suzane Richtofen dentro do presídio, enquanto Ratinho trouxe do México a atriz Florinda Meza, viúva de Roberto Bolaños, criador das séries “Chaves” e “Chapolin”, falecido em novembro do ano passado.

Em seguida, Ratinho prometeu: “Gugu, se eu resolver fazer o que você está fazendo, eu ganho de você de novo”. “O que ele está fazendo?”, quis saber o repórter: “Baixaria. Tipo o que eu fazia”.

Prado perguntou, então: “O que nós vamos fazer para dar uma segurada no Gugu?” A resposta de Ratinho pareceu sincera: “Vamos partir para a baixaria. Eu acho, Gugu, que nós vamos ter que disputar as baixarias a partir de agora. Vamos mostrar bunda, baixaria, vamos fazer banheira, tudo.”

Ainda que em tom de brincadeira, Ratinho claramente fez uma ameaça, sugerindo que se o rival seguir na toada dos primeiros dias vai desencadear uma guerra pela audiência da pior forma possível.

Mais contido, Gugu procurou ser diplomático ao falar com os repórteres do “Pânico”: “Tem público para nós dois”, disse. E ainda deu uma dica para Silvio Santos: “Conversei com Ratinho sobre essa concorrência. É bom. Assim o SBT pode dar dinheiro para ele fazer um programa melhor”.

Veja abaixo a reportagem do “Pânico”:

Veja também
Na estreia, Gugu bate a Globo com entrevista de Suzane von Richthofen
Ratinho anuncia entrevista com dona Florinda para bater estreia de Gugu

Memória (2013)
Ratinho festeja 15 anos de SBT e agradece ao produtor que o aconselhou a desistir da baixaria

O blog está no Twitter, Facebook e Google+.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Topo