Blog do Mauricio Stycer

“Cidade Alerta” e Marcelo Rezende cometem erro grave no caso Andressa

Mauricio Stycer

03/12/2014 11h51


Andressa Urach sempre expôs a sua intimidade com a maior sem-cerimônia e nunca escondeu os esforços que fez para ficar famosa. Seu jeitão desinibido e desbocado assim como a facilidade em tirar a roupa fazem, já há alguns anos, a alegria da mídia especializada em celebridades, na TV e na internet.

No momento em que Andressa enfrenta um sério problema de saúde, cujas causas, tudo indica, estão relacionadas a este seu esforço em se tornar uma celebridade, é natural que o interesse por seu estado também seja grande.

Mas é um erro grave entender que a atitude que a modelo sempre teve em relação aos holofotes justifique um tratamento jornalístico leviano ao drama que enfrenta no momento.

Entre todos os abusos cometidos nos últimos dias, nenhum se compara ao que o “Cidade Alerta”, da Record, fez na tarde de terça-feira (02).

Já na introdução, Marcelo Rezende deu a entender que o programa tinha uma notícia bombástica sobre o estado de saúde de Andressa. Ficou claro que o apresentador já sabia, antes de o programa ir ao ar, do que se tratava.

Depois de algum suspense promovido por Rezende, a bomba foi divulgada. Internada em estado grave em um hospital em Porto Alegre, a modelo Andressa Urach poderia ter a perna amputada.

Em meio a informações desencontradas, entrevistas por telefone e o caos tradicional no programa, o público foi alimentado com dois tipos de especulações. A primeira, a de que a modelo já teria sido submetida à amputação. A segunda, que esta cirurgia seria uma possibilidade.

A confusão está registrada na forma ambígua pela qual o Twitter da emissora informou a situação naquele momento: “Andressa Urach pode ter que amputar a perna esquerda. De acordo com informações, ainda não confirmadas, procedimento pode ter sido necessário para conter foco de infecção”. A notícia acabou sendo desmentida no próprio “Cidade Alerta” minutos depois.

cidadealertaurach2No site do programa na internet há poucos registros deste caos. Em um vídeo, o jornalista James Akel presta um depoimento emocionado sobre a modelo. No outro, é possível ver o momento em que a noticia é desmentida pela repórter Luiza Zanchetta, que Rezende chama de “Prancheta”: “Ela não perdeu nenhuma das partes”, diz a profissional.

Neste vídeo (veja abaixo), Rezende tenta transferir a responsabilidade pelo incidente à repórter. Ela argumenta que a informação inicial havia sido obtida em um “papo informal”. O apresentador a critica. “Não é papo. É uma informação que você obteve. Estamos diante de um problema grave e a gente precisa medir cada palavra que fala”. Ainda diz: “Não é assim que se trata uma questão de tamanha gravidade”.

Se o “Cidade Alerta” falou da possibilidade de Andressa Urach amputar uma perna sem ter segurança sobre a veracidade da informação, a responsabilidade pelo gravíssimo erro é de quem dirige e apresenta o programa.

É surpreendente que quem tenha dado trela a este incidente seja justamente o repórter que exibe entre os seus maiores feitos ter desmascarado, em 2003, uma farsa protagonizada por Gugu Liberato em seu programa (a infame entrevista com dois falsos integrantes do PCC).

Abaixo o diálogo de Rezende com a repórter que divulgou a informação:

Veja também
Hospital aponta “sensível melhora” de Urach e nega boatos de amputação

O blog está no Twitter, Facebook e Google+.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Topo