Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Programa de Gentili no FX é mais politicamente primário do que incorreto

Mauricio Stycer

16/09/2014 12h54

GentiliPoliticamenteincorreto

O canal FX estreou na segunda-feira (15) a série "Politicamente Incorreto", protagonizada por Danilo Gentili. O comediante encarna Atílio Pereira, um deputado com todos os defeitos possíveis, filiado ao fictício PDU. Além de corrupto, é machista e racista, dorme em plenário, debocha de seus eleitores, tripudia dos assessores, enfim, entende a política como instrumento exclusivo para o enriquecimento pessoal.

Sem sutileza nenhuma, Atílio Pereira age e fala da forma mais grosseria possível, não deixando margem de dúvida no espectador de que se trata de um picareta.

Mais do que "politicamente incorreto", Atílio parece "politicamente primário", assim como a canção que serve de trilha sonora do programa, "Filho da Puta", do Ultraje a Rigor. Tocada na abertura e no encerramento, a música fala do Brasil e diz: "A terra é uma beleza / O que estraga é essa gente". O conhecido refrão repete: "Filha da puta / É tudo filho da puta".

O programa é simples, filmado basicamente em estúdio, com poucos recursos. O texto é simplório e os atores, a maioria com pouca experiência, ajudam a reforçar a impressão de que o trabalho é quase amador. O protagonista, como se sabe, não tem muita quilometragem como ator e a sua falta de traquejo salta aos olhos na série do FX.

Gentili fez carreira no stand up e hoje apresenta, com muito sucesso, o talk show "The Noite", no SBT. "Politicamente Incorreto" é também o título de um show de humor que fez em outubro de 2010, na véspera da eleição presidencial (veja aqui) .

Parte do marketing da série é o seu horário de exibição. Ela entra no ar no exato instante em que a TV aberta começa a exibir a propaganda eleitoral gratuita, às 20h30. Em entrevista ao UOL, em julho, Gentili explicou: "Para a Fox é uma estratégia de audiência, mas para mim é uma provocação a eles [políticos]. Como o horário eleitoral é obrigatório, vamos dar uma opção para as pessoas se divertirem com outro babaca".

Às 20h30 de segunda-feira, o FX exibia um filme e o interrompeu no meio para estrear "Politicamente Incorreto". Pela auto-ironia, a mensagem colocada na tela talvez tenha sido a piada mais politicamente incorreta da noite: "Interrompemos a exibição do filme 'As Branquelas' que você está vendo de novo e já sabe como termina para a estreia da série com Danilo Gentili. Veja o filme depois do horário do PDU e, se não gostou… já sabe".

"Politicamente Incorreto" terá oito episódios. A série irá ao ar no FX às segundas, às 20h30, e será reprisada às 20h30 das quintas e às 23h30 dos sábados. A Fox também reprisará a produção, à 0h de sexta-feira.

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.