PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

Mesma mulher ajuda pobre no ‘Fantástico’ e fala sobre Felix no ‘Vídeo Show’

Mauricio Stycer

07/01/2014 22h05

vaifazeroqueluiza1Apresentada como psicóloga, Luiza Blocker foi um dos destaques do quadro "Vai Fazer o Quê?" exibido pelo "Fantástico" antes do Natal, no dia 22 de dezembro de 2013. Diante de um homem, colocado pela produção para pedir doações no meio de um shopping, a moça chamou a atenção ao se oferecer para ajudá-lo, mas observando que ele estava em um local inapropriado. O repórter Ernesto Paglia encantou-se. "A moça, solidária, tocada pela história do nosso personagem, resolveu ajudá-lo, mas de outra forma."

videoshowluiza1Dez dias depois, no dia 1º de janeiro, Luiza voltou a aparecer na tela da Globo. Desta vez, ela foi uma das entrevistadas pelo repórter Didi Effe, que queria saber de pessoas na rua se o casal formado pelos personagens Felix (Mateus Solano) e Niko (Thiago Fragoso) tem chances de vingar. "Tem uma forte tendência a dar errado", disse Luiza, que não foi identificada. "Porque uma pessoa quando tem uma alma boa não se mistura com uma que tem a alma ruim".

A leitora Priscila Oliveira, responsável por notar a duplicidade, ficou desconfiada da coincidência: "Será que a ajuda dela estendeu-se a participar 'aleatoriamente' de dois programas?", perguntou. Fiz a pergunta à Globo, que diz: "Foi uma coincidência. Os dois programas gravaram em um mesmo shopping no Rio de Janeiro, e a entrevistada, que passava pelo local nas duas ocasiões, participou de forma espontânea das matérias."

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.