Blog do Mauricio Stycer

Silvio Santos diz a funcionários que não sabe o que se passa no SBT

Mauricio Stycer

23/12/2013 11h22

silviosantosfestaDOFIM2013
Em discurso aos funcionários, feito no pátio do SBT, durante uma festa de confraternização de fim de ano, Silvio Santos se declarou “colega” e não “dono” da emissora. No vídeo que vazou na internet, o empresário surge no palco da festa, ao lado de Lívia Andrade, e diz:

“Eu sou o dono do SBT de direito. Mas de fato não me sinto dono. Me sinto colega de vocês. Eu chego aqui, faço os meus programas, eu vou embora… Eu não tenho conhecimento do que se passa nos bastidores, eu não tenho conhecimento do que se passa no escritório”.

Diante dos funcionários da emissora, Silvio repetiu o que declarou em 2010, à época da quebra do banco Panamericano, de sua propriedade. “Porque o meu método de trabalho sempre foi: contratar pessoas boas, competentes, e são essas pessoas que levam minhas empresas para frente.”

A certa altura, Silvio fez um comentário que pode ser entendido como uma “indireta” à Rede Record, que não distribuiu cesta de Natal a seus funcionários este ano: “Eu tomei conhecimento aqui nos bastidores que o SBT, ao inverso de outras empresas, tem tratado vocês com muita dignidade, com muito carinho. E até me disseram que cada um de vocês recebeu uma cesta… Fico muito contente de saber que vocês são bem tratados.”

Um pouco depois, lembrou: “Todo mundo tomou conhecimento do que aconteceu no Banco Panamericano. Mas no banco Panamericano eu fui uma única vez. No Jequiti, que é aqui pertinho, eu fui uma vez. Porque eu considero essas empresas investimento meu para que meu dinheiro possa trazer mais emprego, mais progresso. Aqui no SBT, não. Aqui no SBT sou um colega de vocês.”

Ao final, num momento cômico, Silvio disse a Livia Andrade: “Li que você daria cinco anos de sua vida para mim”. “Daria”, ela confirmou. “Me dá só uma noite”, ele pediu, provocando gargalhadas.

Veja abaixo:

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Topo