Blog do Mauricio Stycer

Detetive Vê TV: Cachorrinho de ‘Chiquititas’ muda de raça no meio da novela

Mauricio Stycer

01/11/2013 05h01

chiquititaspipoca3ChiquititasPipoca5A menina Manuela, de 7 anos, estava vendo “Chiquititas” esta semana quando levou um susto: a adorável cadelinha Pipoca, personagem da trama, não era a mesma por quem ela tinha se encantado. Desapontada, ela contou o fato ao pai, Fabio D’Urso, que também estranhou a mudança e resolveu recorrer a mim.

“Na novela ‘Chiquititas’ apresentaram um cãozinho que apareceu no orfanato e teve a sua história desenrolada lá pelo capítulo 53. O cãozinho, apelidado de Pipoca, claramente era um filhote da raça Golden Retriever. Agora, no capítulo 77, reaparece o cão Pipoca. Mas outro cão… Um cão adulto (até aparentando ser já de idade) e claramente de outra raça, talvez um Lulu ou um Srd (sem raça definida)… Coisas de SBT!”

Vi cenas dos dois capítulos que Fabio mencionou e fiquei em dúvida. Resolvi ligar para o SBT. Depois de alguns telefonemas, o mistério foi esclarecido. Quando Pipoca surgiu em cena pela primeira vez, ainda um bebê, era um Golden Retriever (foto ao alto, com as crianças). Mas houve “dificuldades técnicas”, explicou a emissora, para encontrar um cão da mesma raça para viver o personagem um pouco mais velho. Recorreu-se, então, a um da raça Papillon (segunda foto), talvez supondo que ninguém fosse reparar. Lamentável engano.

E já aviso Manuela e outras crianças preocupadas com Pipoca. A cadela das crianças do orfanato vai ser interpretada por um terceiro cachorro, mais para frente. Desta vez será uma mistura de vira-lata com Golden. Mistério solucionado.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Topo