Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Em busca do melhor cover musical, "Famoso Quem?" diverte e comove

Mauricio Stycer

16/09/2013 05h01

Programa dos mais antigos da televisão, importado do rádio, o show de talentos tem mostrado uma incrível capacidade de se reinventar. Diferentes versões de uma mesmíssima ideia – anônimos mostrando suas aptidões artísticas – foram desenvolvidas nos últimos anos por grandes produtoras estrangeiras e importadas por emissoras brasileiras. As mais recentes a chegar aqui foram "The Voice Brasil" (Globo) e "Got Talent Brasil" (Record).

Na noite de sábado (14) foi a vez de o SBT apresentar "Famoso Quem?", versão de "My Name Is", desenvolvido pela Freemantle. Só participam da disputa imitadores de músicos famosos. A cada semana, quatro candidatos são selecionados entre dezenas de participantes e, depois de passar por treinamento de voz e performance, já disputam uma decisão entre eles.

O ganhador fatura R$ 5 mil e se classifica para a final da temporada, quando os campeões de cada semana disputarão um carro.  Covers de Beyoncé, Cazuza, Leonardo e Janis Joplin disputaram a final do primeiro episódio.

Como se sabe, em programas deste tipo, tão ou mais importante que o talento dos candidatos, é o carisma dos jurados, repórteres e apresentadores. E o SBT parece ter feito ao menos duas ótimas escolhas. O humorista Paulinho Serra (MTV) divertiu bastante como um dos jurados da competição. E Thammy Miranda (Gretchen) saiu-se muito bem como repórter, seja conversando nos bastidores com os candidatos e seus parentes, seja visitando-os em suas casas.

Paulinho compõe o júri com Diego Ramiro e Bruna Tang. Os candidatos selecionados ganham aulas com Marcelo Boffat (voz) e Lola Melnick (dança). Ramiro faz o papel do jurado "mau", que fala grosserias como: "Você pega um gato, joga de um prédio bem alto. Esse gato gritando canta melhor do que você." Já Bruna é a "boazinha", elogiando quase todos. E Paulinho é o debochado e espontâneo, com boa presença em cena.

Thammy flagrou um dos momentos mais comoventes do primeiro episódio, quando Tamires, a cover de Beyoncé, foi avisada em casa que havia se classificado para a final. Moradora em um prédio simples em Cidade Tiradentes, no extremo leste de São Pauolo, Tamires desceu e, do pátio, comunicou a novidade aos vizinhos, que a felicitaram pela janela.

"Famoso Quem?" tem uma produção caprichada, muito superior à média dos programas do SBT. Achei muito bem feito e divertido, mas a audiência não foi lá essas coisas. O programa ficou em terceiro lugar, com 4,7 pontos (dados prévios), atrás da Record (8,1) e da Globo (18,6).Espero que Silvio Santos, num rompante, não tire o programa do ar ou o coloque em algum horário absurdo.

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.