Blog do Mauricio Stycer

Cultura escolhe exibir ótima série sobre "rebeldes do futebol" na mesma hora do jogo

Mauricio Stycer

27/06/2013 15h15

A TV Cultura exibe neste domingo o primeiro dos cinco episódios de “Os Rebeldes do Futebol”. Trabalho dos franceses Gilles Rof e Gilles Perez, a série apresenta cinco pequenos documentários sobre craques que também deixaram uma marca por conta de notáveis atuações no campo político. A série é uma versão do filme, com o mesmo título, exibido  no início de junho no 4º CineFoot, em São Paulo.

O primeiro perfil a ser exibido é o de Sócrates (1954-2011), principal nome da Democracia Corintiana, um movimento político que afrontou não apenas o ambiente do futebol, mas também o da política no início dos anos 80, quando o país ainda vivia sob uma ditadura.

“Não foi o melhor, mas o mais original jogador da história do Corinthians”, diz Juca Kfouri, deixando o outro posto para Rivellino. A série é apresentada por outro rebelde, o francês Eric Cantona, que diz sobre a experiência vivida no Corinthians: “O futebol como laboratório de como a vida deveria ser… Lindo! Mas numa ditadura?”

O segundo episódio (dia 7 de julho) é dedicado a Didier Drogba, ex-jogador do Chelsea, e conta como ele conseguiu um cessar fogo durante a guerra civil na Costa do Marfim. O chileno Carlos Caszely (dia 14), que ousou afrontar a ditadura Pinochet, protagoniza o terceiro episódio. O quarto programa (dia 21) narra a história de Rached Mekhloufi, símbolo da luta pela independência da Argélia. E o bósnio Pedrag Pasic é tema do último episódio (28 de julho), que fala do seu trabalho social em Sarajevo.

A TV Cultura escolheu mostrar a série sempre as 17h de domingo, concorrendo diretamente com a exibição de partidas de futebol na Globo e na Band. Não deixa de ser um gesto de rebelião, que talvez agradasse aos craques homenageados na série. Na estreia da série,excepcionalmente, não haverá essa competição já que a final da Copa das Confederações será às 19h.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Topo