Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

“Furo MTV” renova o elenco e mantém a língua afiada

Mauricio Stycer

04/03/2013 23h47


Como fez em várias outras ocasiões, quando perdeu "pratas da casa" para a concorrência, a MTV começa 2013 disposta a mostrar, novamente, que é capaz de se reinventar e apresentar novidades.

A reforma feita no novo "Furo MTV" revelou, porém, alguma insegurança. O lugar deixado vago por Dani Calabresa foi preenchido por quatro (!) humoristas. Como a própria equipe ironizou, não havia lugar para todos na bancada do jornalístico.

Paulinho Serra, Daniel Furlan, Bruno Sutter e PC Siqueira juntaram-se a Bento Ribeiro na tarefa de apresentar as notícias do dia e revê-las à luz da galhofa e da ironia. Os quatro novos integrantes desdobraram-se em várias funções, inclusive em "reportagens" fora do cenário principal, o que deu, de fato, uma nova cara ao programa.

As piadas com emissoras concorrentes e as suas estrelas seguem como o que o "Furo MTV" sabe fazer melhor.

O julgamento do goleiro Bruno serviu para piadas absurdas, primeiro com um "repórter investigativo", que vestia a camisa do Flamengo e defendia a tese de que Eliza Samudio "está viva".

Em outro momento, Bento usou o caso para rir de um ator da Record. "O fato de uma pessoa estar desaparecida há três anos não é prova de que ela esteja morta. Ué, acho que isso até é verdade. É o caso do ator Thierry Figueira, que após mais de uma década sumido foi flagrado recentemente atuando na novela 'Balacobaco'."

O programa também falou do caso do menino Kevin Espada, morto na Bolívia, durante a partida entre San Jose e Corinthians. Bento citou o torcedor corintiano, de 17 anos, que se declarou responsável por atirar o sinalizador fatal. "O adolescente pediu ajuda à mais alta esfera do Poder Judiciário brasileiro: o programa 'Fantástico', da Rede Globo".

O "Furo" também riu, como não poderia deixar de ser, da própria MTV. "Eu sei que muita coisa foi prometida para esse programa de estreia, mas isso se chama mentira, em outras palavras, táticas de marketing", disse Bento.

Apesar do nervosismo geral, o novo "Furo MTV" mostrou que não perdeu a língua afiada. E, apesar das reclamações dos fãs de Dani Calabresa, a nova turma pode dizer, com tranquilidade, que ninguém é insubstituível.

O programa vai ao ar, de segunda a quinta, às 20h30.

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.