Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

'Pobre de quem não consegue voar', diz Gloria Perez sobre críticas a furos em 'Salve Jorge'

Mauricio Stycer

01/03/2013 12h56

Há alguns dias, no Twitter, um fã de "Salve Jorge" escreveu: "As pessoas vêem novela pra criticar, achar problema e defeito, não por entretenimento! Uma pena, né?" Gloria Perez acrescentou ao comentário: "Pobre de quem não consegue voar!"

A autora tem razão, em parte. Creio que todo mundo assiste novela para se divertir e "voar". Mas há, entre estes, aqueles que esperam lógica e coerência na fantasia. Diante de uma trama realista, escorada em "fatos reais", não me parece um desejo despropositado querer se divertir, mas ao mesmo tempo não aceitar ser ludibriado pela falta de sentido de algumas passagens da novela.

Faço esta introdução para dizer que mais uma vez recebo e-mails e mensagens de leitores irritados com cenas de "Salve Jorge" que desafiam a lógica.

No capítulo do dia 21/2, Rosângela foi enviada por Russo ao necrotério para reconhecer o corpo de Morena, desaparecida depois de um atentado em Istambul. Chegando lá, a moça viu o corpo, mas não o reconheceu e informou ao legista que não era o de sua amiga. De volta à boate, mentiu para Russo e Irina, dizendo que, sim, o corpo era de Morena.

Uma semana depois, na quinta-feira, 28, Russo diz a Irina: "A gente conseguiu descobrir onde a Morena foi enterrada." Em segunda, telefona para Lívia e ouvimos a vilã dizer: "Localizaram? O registro só tem o nome de Morena? Sem sobrenome? Não, claro. Rosangela, quando reconheceu o corpo, só sabia que ela se chamava Morena. Não, mas é o suficiente pra mim. Agora tenho que fazer essa notícia chegar até a imprensa."

Como Russo pode ter descoberto onde foi enterrada uma "Morena" se Rosângela não reconheceu o corpo diante do legista? Essa é a pergunta que me fazem os leitores Tiago André e Beth Depolli.

Vários leitores também reclamam que no capítulo de quinta-feira, 28, Morena apareceu em uma cena sem barriga e, instantes depois, com barriga. A personagem está grávida. O mesmo tipo de problema de continuidade já havia sido notado em relação ao penteado da personagem, que surgiu diferente num mesmo dia.

A explicação é que Nanda Costa gravou cenas in loco, na Turquia, antes do início da novela, e estas cenas tem sido exibidas em meio a outras, gravadas atualmente, em estúdio.

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.