Blog do Mauricio Stycer

“Um dia a gente chega e no outro vai embora”, canta Hebe na RedeTV!

Mauricio Stycer

29/08/2012 10h22

Na noite de 15 de março de 2011, Hebe Camargo entrava em cena dentro de uma gaiola, suspensa por cabos de aço, ao som do tango de Gardel “El Dia Que Me Quieras”. Era a sua estreia na RedeTV!, promovida com toda a pompa que a situação merecia.

Dezoito meses depois, num palco praticamente vazio, Hebe cantou “Tocando em Frente”, de Almir Sater, aquela que diz: “Um dia a gente chega. E no outro vai embora”.

Não se sabe, oficialmente, se a imagem da apresentadora vista na noite de terça-feira é a última que a RedeTV! exibirá. Em tratamento de saúde, contra um câncer, Hebe não grava seu programa já há um bom tempo. O que foi exibido esta semana é uma reprise (a propósito das reprises, veja a atualização abaixo)

Informa-se que as relações de Hebe com os donos da casa estão abaladas desde que ela os criticou, em público, em depoimento ouvido num programa do concorrente SBT: “Eu queria dizer que Silvio Santos é um ‘país’ que respeita seus empregados. Jamais atrasou os pagamentos um dia sequer, é um grande empresário”.

O mesmo Silvio Santos agora elogiado foi objeto de um comentário ressentido da apresentadora há quatro meses. Ao retornar à RedeTV! depois de um período internada, em abril, ela deu uma entrevista no palco do estúdio onde gravou seu programa.

Naquela ocasião, depois de cantar com Sergio Reis o clássico “Panela Velha” (“Não interessa se ela é coroa, panela velha é que faz comida boa”), Hebe disse: “Silvio não ligou, nem me mandou telegrama, nem flores. Quem mais me badalou foi a Record. Essas coisas não emocionam o Silvio. Ele é uma boa pessoa.”

Enfrentando um momento difícil em sua vida pessoal, aos 83 anos, Hebe não merecia estar, também, sofrendo no terreno profissional. Querida por um grande público, a apresentadora claramente deu um mau passo ao deixar o SBT em 2010 e agora, infelizmente, está pagando por isso.

Atualizado às 15h: A RedeTV! informou nesta tarde que continuará exibindo reprises do programa de Hebe Camargo, mesmo dando um ponto no Ibope. Segundo a “Folha”, o canal chegou a anunciar que tiraria do ar a reprise da atração, mas voltou atrás. Não houve tempo para preparar uma atração substituta. Leia aqui.

Sobre o autor

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na “Folha de S.Paulo''. Começou a carreira no “Jornal do Brasil'', em 1986, passou pelo “Estadão'', ficou dez anos na “Folha'' (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o “Lance!'' e a “Época'', foi redator-chefe da “CartaCapital'', diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros “Adeus, Controle Remoto'' (editora Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e “O Dia em que Me Tornei Botafoguense'' (Panda Books, 2011).
Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Blog do Maurício Stycer
Topo