Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Bolsonaro recusa convite da Cultura e Roda Viva entrevista somente Haddad

Mauricio Stycer

20/10/2018 19h00

Bolsonaro no Roda Viva realizado em 30 de julho de 2018

A TV Cultura planejava exibir na próxima segunda-feira (22) um "Roda Viva" dividido em duas partes, com uma mesma bancada de jornalistas entrevistando separadamente Jair Bolsonaro e Fernando Haddad por uma hora cada. Mas o candidato do PSL recusou o convite e apenas o petista será entrevistado, por 60 minutos, a partir das 22h30.

O modelo do programa seria idêntico ao exibido na última segunda-feira (15), quando os candidatos ao governo de São Paulo, João Doria (PSDB) e Marcio França (PSB), foram entrevistados durante uma hora cada um.

"A produção do programa também convidou Jair Bolsonaro, do PSL, para uma entrevista que seria exibida na sequência, mas o candidato não manifestou interesse em participar", informa a TV Cultura em nota.

O blog apurou que o canal chegou a oferecer a Bolsonaro a possibilidade de gravar a entrevista com ele no Rio, em sua residência, com o mesmo time de jornalistas destacados para a entrevista com Haddad no estúdio da emissora, em São Paulo.

O Roda Viva com o candidato petista contará com os seguintes jornalistas: Bernardo Mello Franco, colunista de O Globo; Fernando Canzian, repórter especial da Folha; Maria Cristina Fernandes, colunista do Valor Econômico; Vicente Nunes, editor-executivo do Correio Braziliense; e Vera Magalhães, colunista de O Estado de S. Paulo e da Jovem Pan

Em 30 de julho, Bolsonaro esteve no "Roda Viva". Durante a entrevista, ele foi questionado diversas vezes sobre a ditadura militar que vigorou no Brasil entre 1964 e 1985 e disse que "não houve golpe" na ocasião. Na avaliação do coordenador de sua campanha, deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS), o presidenciável "foi submetido a um pelotão de fuzilamento ideológico, sem propósito".

Veja também
Sem Bolsonaro, Record cancela debate; Haddad cobra participar mesmo sozinho

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Es portivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

Newsletters

Mauricio Stycer traz análises exclusivas sobre TV e Famosos.

Quero receber