Blog do Mauricio Stycer

Arquivo : SBT

Adultos são maioria do público da série jovem e das novelas infantis do SBT
Comentários Comente

Mauricio Stycer

garotadamotojoanaExibindo novelas infantis em seu horário nobre desde 2012, o SBT está fazendo uma experiência interessante com “A Garota da Moto”, uma série destinada a um público saído da adolescência.

O programa tem ido ao ar na sequência da exibição de “Cúmplices de um Resgate” e “Carrossel” (reprise), por volta das 21h40. Exibidos os primeiros cinco episódios, a sua audiência tem oscilado entre 10 e 11 pontos em São Paulo, basicamente o mesmo resultado das duas novelas.

GarotadaMotoPublico1
cumplicesdeumresgatelarissa2Uma análise do perfil dos espectadores, segundo o Kantar Ibope, explica a razão deste equilíbrio. Tanto os dois folhetins infantis quanto a série para pós-adolescentes são vistos por um público parecido, em sua maioria formado por adultos. Somando as últimas três faixas, ou seja, os maiores de 25 anos, representam 59% dos espectadores de “Cúmplices” e 61% de “A Garota da Moto” e “Carrossel”.

“A Garota da Moto” é uma co-produção do SBT com a Fox, realizada pela Mixer. Conta a história de Joana (Chris Ubach), uma motogirl com jeitão de super-heroína, que protege o filho da perseguição de Bernarda (Daniela Escobar), uma milionária malévola.

Com parte dos recursos captados junto ao Fundo Setorial do Audiovisual, da Ancine, “A Garota da Moto” exibe um padrão de qualidade superior aos das novelas do SBT, com muitas cenas externas e ótimas imagens de motocicletas pelas ruas de São Paulo.

Texto e direção de atores, porém, deixam a desejar. Apesar de destinada ao público pós-adolescente (ou “early 20´s”, no jargão do mercado), a série trata o espectador como criança, explicando a ação por meio de depoimentos das duas protagonistas ou com diálogos mastigados demais. Talvez por conta desta deficiência, a encenação é frequentemente teatral, sem naturalidade alguma.

Ainda assim, há um mistério envolvente na história, capaz de manter o espectador ligado. Há também um núcleo de humor curioso, em torno de uma empresa de motoboys.

Ao final dos 26 episódios, em meados de agosto, o SBT volta com a sua programação normal (o programa de Ratinho tem entrado mais tarde por conta da série). “A Garota da Moto” é vista como um teste pela emissora. Espero que estimule a produção de outras.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.


Silvio Santos: “Só lamento que um dia a Globo vai tomar a Larissa do SBT”
Comentários Comente

Mauricio Stycer

LarissaManoelaJoaoGuilhermeSilvioSantos

Nos últimos anos, Silvio Santos já disse algumas vezes que teme perder a atriz Larissa Manoela para a Globo. Meio brincando, meio falando sério, como sempre, o dono do SBT dá valor especial à jovem atriz, protagonista de dois dos maiores sucessos da emissora, as novelas “Carrossel” e “Cúmplices de um Resgate”.

Sem muita tradição de manter compromissos de longa duração com seus artistas, o SBT renovou o contrato de Larissa por dois anos em dezembro de 2015. “Um caso bem excepcional”, registrou Flavio Ricco em sua coluna.

Mesmo assim, Silvio Santos segue falando sobre o medo de perder o seu tesouro. Neste domingo, de acordo com informações adiantadas pelo SBT, ele receberá Larissa mais uma vez no “Jogo das 3 Pistas”. E dirá:

“Essa menina, vocês já conhecem, é claro, é uma atriz espetacular. Eu só lamento que a Rede Globo um dia vai tomar ela do SBT. Tenho certeza. Não tem seguro de artista, não? Deveria ter seguro de artista. Eles colocam o artista no seguro e se a Rede Globo, Record, a Band ou a RedeTV! levar não faz mal, o seguro paga. Deveria ter uma apólice. Acho que vou fazer uma apólice de seguro só de artistas.”

Siga o blog no Facebook e no Twitter.


Com filme infantil no fim da noite SBT tem melhor resultado desde 2010
Comentários Comente

Mauricio Stycer

carrosselofilmeA exibição de “Carrossel, o Filme” no final da noite de terça-feira (12) resultou num sucesso. Foi a maior audiência do SBT no dia, com média de 12,3 pontos, em São Paulo. A faixa do “Cine Espetacular” da emissora não registrava uma audiência tão boa desde abril de 2010.

“Carrossel, o Filme” deixou o SBT em primeiro lugar, à frente da Globo, no seu horário de exibição, superando no confronto “Liberdade, Liberdade”, “Jornal da Globo” e “Programa do Jô”.

A decisão de exibir um filme infantil entre 23h19 e 00h50 revelou-se, assim, um sucesso. Escrevi sobre o assunto na última semana confessando o meu estranhamento. Estava errado.

O lançamento na TV coincide com a estreia de “Carrossel 2 – O Sumiço de Maria Joaquina” nos cinemas. A continuação foi filmada em janeiro deste ano, na esteira justamente do excelente resultado do primeiro filme.

Como lembra o crítico Roberto Sadovski, em 2015, “Carrossel – O Filme” só ficou atrás de “Meu Passado Me Condena 2”, “Vai Que Cola” e “Loucas Para Casar”. Foi o único filme assumidamente infantil na lista dos 30 brasileiros mais vistos no ano.

Veja também
Sadovski: Carrossel 2 é fraco… mas é também o filme que o cinema brasileiro precisa
“Carrossel 2″ diverte com carisma de elenco apesar de roteiro nonsense

Siga o blog no Facebook e no Twitter.


Quem copia quem? Quadros com vídeos da internet geram briga na TV
Comentários Comente

Mauricio Stycer

Exibir vídeos engraçados da internet virou moda entre os programas de TV. É tanto programa e tanta emissora fazendo a mesma coisa que já tem apresentador acusando o outro de cópia. Este é o tema do “UOL Vê TV” desta semana.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.


À moda de Geraldo Luis, Faustão embarca na onda dos reencontros chorosos
Comentários Comente

Mauricio Stycer

faustaocasal50anos3
Promover reencontros entre pessoas que não se veem há décadas é uma especialidade dos programas de auditório da TV brasileira. A arte de elevar o Ibope fazendo o espectador chorar é praticada pelos mais variados apresentadores em todos os canais.

A lista é longa e não quero cometer injustiças. Vou citar apenas os principais que, nos últimos anos, usaram e abusaram do recurso: Luciano Huck na Globo; Eliana, Ratinho e Celso Portiolli no SBT; além de Geraldo Luis, Rodrigo Faro, Gugu Liberato e Sabrina Sato na Record, entre outros.

A audiência está em queda? O concorrente está ameaçando? Promova um reencontro de pai e filha que estão afastados há 20 anos. É tiro e queda.

Faustão já fez isso também. Em 2012, uma mãe desmaiou no palco depois de reencontrar a filha que não via há 50 anos. Este ano, o programa parece decidido a embarcar na onda

Uma página no site do “Domingão” convida os espectadores a enviar histórias. “Se o seu relato for emocionante, você poderá ter sua história contada no programa da família brasileira”, avisa. Em março, um comerciante reencontrou o filho que havia deixado 25 anos antes.

faustaocasal50anosNeste domingo, numa ação promovida ao longo de toda a semana, o “Domingão” promoveu o reencontro entre um homem e uma mulher que foram noivos, mas ficaram 50 anos sem se ver depois que o pai da noiva proibiu o casamento.

Iza e Sidney vinham conversando por telefone há dez meses, desde que ele ficou viúvo, mas ainda não tinham se visto. Com direito a um biombo, os dois foram levados ao palco e ouviram depoimentos de parentes e amigos – e até do dentista que arrumou os dentes de Sidney. Depois de 12 minutos, finalmente, se viram e se beijaram apaixonadamente.

Na comparação com o “Domingo Show”, talvez o programa que mais goste de promover estes encontros melosos, a única qualidade do “Domingão Do Faustão” foi ter sido conciso. Na mão de Geraldo Luis, a história de Iza e Sidney renderia no mínimo uma hora e meia.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.


SBT vai exibir “Carrossel, o Filme” depois do “Programa do Ratinho”
Comentários Comente

Mauricio Stycer

carrosselofilme
Quarto filme brasileiro mais visto em 2015, com cerca de 2,5 milhões de espectadores, “Carrossel – O Filme” chega à televisão na próxima semana. O SBT programou a sua exibição para terça-feira (12), às 23h15, depois do “Programa do Ratinho”. Se não atrasar, a sessão vai terminar por volta da 1h da manhã. Meio tarde para um filme infantil, mas julho, afinal, é mês de férias.

O lançamento na TV coincide com a estreia de “Carrossel 2 – O Sumiço de Maria Joaquina” nos cinemas. A continuação foi filmada em janeiro deste ano, na esteira justamente do excelente resultado do primeiro filme.

Como lembra o crítico Roberto Sadovski. em 2015, “Carrossel – O Filme” só ficou atrás de “Meu Passado Me Condena 2”, “Vai Que Cola” e “Loucas Para Casar”. Foi o único filme assumidamente infantil na lista dos 30 brasileiros mais vistos no ano.

Veja também
Sadovski: Carrossel 2 é fraco… mas é também o filme que o cinema brasileiro precisa
“Carrossel 2″ diverte com carisma de elenco apesar de roteiro nonsense

Siga o blog no Facebook e no Twitter.


Oferta de R$ 10 mil por sugestão de reportagem cria problemas no SBT
Comentários Comente

Mauricio Stycer

sbtcompranoticias
O anúncio feito pelo SBT oferecendo R$ 10 mil para quem der boas sugestões de reportagens está tendo enorme repercussão dentro da emissora. E criou algumas situações inusitadas. A campanha, disponível no site, diz:

Atenção jornalistas de rádio, jornal ou televisão! Se você conhece algum assunto que possa ser interessante para uma reportagem em programas de televisão. Ganhe dez mil reais, use o seu nome ou pseudônimo. Não é concurso! É compra de assuntos que chamem atenção do público.

Segundo relatos colhidos pelo blog, três problemas têm sido mencionados por gente que trabalha na emissora:

1. O valor anunciado estabeleceu um novo patamar para colaboradores do SBT: ninguém mais quer fazer trabalhos free-lancer por menos de R$ 10 mil.

2. O fato de permitir que as sugestões sejam feitas de forma anônima (com uso de pseudônimo) não impede que funcionários do próprio SBT se habilitem a faturar o cachê oferecido.

3. Autores de vídeos amadores que podem, eventualmente, ser usados em reportagens agora estão cobrando dinheiro para cederem o material que possuem. Argumentam aos produtores que o SBT está pagando R$ 10 mil por sugestões.

Veja também
SBT ignora o próprio jornalismo e oferece R$ 10 mil por reportagens

Siga o blog no Facebook e no Twitter.


Junho é o mês com mais TVs ligadas em São Paulo em dez anos
Comentários Comente

Mauricio Stycer

saopaulofriotvsligadasUm dos efeitos colaterais da crise econômica é o crescimento da audiência da TV aberta. Este fenômeno vem sendo observado já há alguns meses, mas alcançou o seu ponto mais alto agora em junho, talvez impulsionado também pelo frio acima da média no mês.

Desde junho de 2006, quando ocorreu a Copa do Mundo na Alemanha, o percentual de aparelhos ligados, entre 7h da manhã e meia-noite, não chegava a 49% em São Paulo como ocorreu no mês recém-encerrado. Em abril, o percentual havia sido de 47,8% e em maio foi de 48,8%.

Outro dado que mostra este crescimento é o da média semestral, no mesmo horário (das 7h à 0h). O percentual de aparelhos ligados, em média, nos primeiros seis meses de 2016 foi de 47,2% – um índice não registrado desde 1993, pelo menos. No primeiro semestre de 2015, o share foi de 43,9%.

Entre as emissoras, na comparação do share do primeiro semestre de 2015 com o deste ano, entre 7h e 0h, em São Paulo, o maior crescimento percentual foi da Band, que passou de 4,9% para 5,6% dos aparelhos ligados (+ 13%), seguida da RedeTV!, que foi de 1,6% para 1,8% (+ 9%).

No topo da concorrência, quem mais cresceu foi a Record, que passou de um share de 14,6% para 15,8% (+ 8%), seguida da Globo, que foi de 31,7% para 32,1% (+1%). Já o SBT, apesar de ter registrado pequeno crescimento de audiência, perdeu participação, caindo de 14% para 13,6% (-3%). Também os canais pagos perderam share no período, indo de 20,3% para 19,8% (-2%).

O aumento da audiência não é apenas percentual. Anualmente, o Ibope atualiza o número de espectadores por trás de cada ponto percentual em função do crescimento populacional. Em 2016, cada ponto em São Paulo equivale a 69,4 mil domicílios.

Em números de audiência, o mês de junho, em São Paulo, mostra um quadro semelhante ao do mês anterior, com leve vantagem para a Record. Nas 24 horas do dia, a Globo registrou 12,4 pontos de média, uma perda de 3% em relação aos 12,8 de maio. Já a Record fechou com 6,3 (crescimento de 3% em relação aos 6,1 de maio), o melhor resultado da emissora no últimos 6 anos e 5 meses. O SBT marcou 5,7 pontos, contra 5,8 do mês anterior.

No período de 7h à meia-noite, também só a Record cresceu na comparação com os seus dois principais concorrentes. A emissora foi de 7,8 em maio para 8,1 pontos. Globo caiu de 15,6 para 15,2 e o SBT foi de 6,8 para 6,7. A emissora credita os bons números à estreia de “Escrava Mãe” e ao sucesso de “Os Dez Mandamentos”.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.


Ratinho promove o “Criança Esperança” da Globo em seu programa
Comentários Comente

Mauricio Stycer

Em outubro de 2015, indignado com a notícia de que a Record havia vetado a participação de seus artistas no Teleton, Ratinho fez um duro discurso em seu programa:

“Nós não estamos fazendo um programa de televisão, o Teleton é uma ajuda humanitária. Se me chamassem para ir apresentar o ‘Criança Esperança’, eu iria. Quando a Record, a Bandeirantes fizerem alguma promoção, claro que eu posso ir. Acontece que isso [o que estão fazendo] é uma bobagem tão grande, tão desnecessária”.

A Record acabou voltando atrás (Xuxa, por exemplo, participou do Teleton), mas a posição do apresentador do SBT não mudou. Nesta quarta (29), ele promoveu a campanha “Criança Esperança”, da Globo, em seu programa, informando os números de telefone para doação (veja no vídeo acima). Um gesto incomum, que merece elogios.

Globo agradece

Na tarde desta quinta (30), durante o “Vídeo Show”, o apresentador Otaviano Costa agradeceu o gesto de Ratinho. “Eu queria mandar um abração especialmente para o apresentador Ratinho que ontem, no SBT, divulgou os números do ‘Criança Esperança’ de uma forma muito gentil, solidariamente. Foi muito bacana essa atitude do Ratinho, que mostra que o evento é de milhões de brasileiros, acima de tudo, das emissões televisivas, nós estamos pensando em todas essas pessoas do Brasil afora, independente de qual canal nós estejamos.”

Veja também
Ratinho critica emissoras de TV que não liberam artistas para o Teleton

Siga o blog no Facebook e no Twitter.